Coronavírus: Veja as medidas adotadas pela Prefeitura do Rio de Janeiro neste sábado (18/07) contra a pandemia

Publicado em 18/07/2020 - 19:13 | Atualizado
O Hospital Maternidade Fernando Magalhães. Foto: Rhavinne Vaz / Prefeitura do Rio

ENTREGA DE EQUIPAMENTOS PARA MODERNIZAÇÃO TECNOLÓGICA DO HOSPITAL MATERNIDADE FERNANDO MAGALHÃES

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, entregou novos equipamentos para modernização tecnológica do Hospital Maternidade Fernando Magalhães, em São Cristóvão. A unidade receberá 105 novos aparelhos, entre eles três autoclaves, 30 bombas de seringa, dois carros de anestesia, um eletrocardiógrafo, três focos cirúrgicos móveis, 56 monitores, oito respiradores para adultos e dois aparelhos de ultrassonografia.

Os equipamentos foram adquiridos na China e são fruto de um investimento de mais de R$ 370 milhões da atual gestão para estruturar e modernizar as unidades municipais de saúde. Foram comprados mais de 18 mil itens, entre eles 27 tomógrafos. Além dos aparelhos, a Prefeitura do Rio adquiriu 162 aparelhos de raio X e 726 respiradores, entre outros equipamentos que estão sendo entregues às unidades.

– Hoje estamos trazendo para essa casa da mulher equipamentos da melhor qualidade. Estamos falando de autoclaves, carrinhos de anestesia, dezenas de bombas infusoras, respiradores novos, equipamentos fundamentais para a equipe médica, em momentos supremos, em que a mulher está dando à luz e, às vezes, passa por complicações. O Rio de Janeiro se engrandece com esses quipamentos que chegam à nossa maternidade. A Prefeitura saiu na frente, o mundo inteiro com dificuldade para conseguir respiradores. Aqui nós temos 800 que compramos. Cedemos para outros municípios e renovamos nossos hospitais. Aqui no Rio, graças a Deus, as curvas estão caindo. Com respiradores e tomografos estamos fazenfdo a detecção e o tratamento precoce de pacientes – disse Crivella.

Notícia completa:
https://prefeitura.rio/cidade/37434/

 

ATUALIZAÇÃO DO NÚMERO DE LEITOS PARA COVID-19 E DA TAXA DE OCUPAÇÃO NA REDE SUS DA CAPITAL

A Secretaria Municipal de Saúde informa que a rede municipal possui 937 leitos para Covid-19. Deste total, 251 são leitos de UTI. O número de leitos especializados na rede é maior do que a demanda por internações para tratamento da doença.

A taxa de ocupação de leitos de UTI para Covid-19 na rede SUS – que inclui leitos de unidades municipais, estaduais e federais – no município é de 76%. Já a taxa de ocupação nos leitos de enfermaria é de 40%.

Acompanhe:
https://prefeitura.rio/saude/secretaria-municipal-de-saude-atualiza-numero-de-leitos-para-covid-19-e-taxa-de-ocupacao-na-rede-sus-da-capital-4/

FISCALIZAÇÃO AMPLIADA EM QUATRO MICROPOLOS GASTRONÔMICOS

A Prefeitura do Rio ampliou a fiscalização em quatro micropolos gastronômicos definidos como áreas sensíveis à aglomeração na abertura da Fase 4. São eles a Avenida Olegário Maciel, na Barra da Tijuca; a Praça Varnhargem, na Tijuca; e as ruas Dias Ferreira, no Leblon, e Nelson Mandela, em Botafogo. Com equipes da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), da Guarda Municipal do Rio (GM-Rio) e da Subsecretaria de Vigilância Sanitária, da Secretaria Municipal de Saúde, a ação começou nesta sexta-feira, 17/07.

Mais detalhes:
https://prefeitura.rio/vigilancia-sanitaria/prefeitura-amplia-fiscalizacao-em-quatro-micropolos-gastronomicos/

 

COMLURB PROMOVEU MAIS OPERAÇÕES ESPECIAIS DE HIGIENIZAÇÃO EM COMUNIDADES DA CIDADE

A Comlurb promoveu mais operações especiais de higienização em diversas comunidades da cidade. A iniciativa, que começou pela Rocinha, no dia 9/4 e que tem por objetivo reduzir os riscos de contaminação pelo novo coronavírus, já foi levada a todas as 633 comunidades da cidade. A lavagem é feita com água de reuso e detergente neutro, e hipoclorito nos pulverizadores.

Sobre a operação:
https://prefeitura.rio/comlurb/prefeitura-do-rio-promoveu-neste-sabado-mais-operacoes-especiais-de-higienizacao-em-comunidades-da-cidade-2/