Prefeitura entrega novas 250 autonomias de táxi, totalizando mil nesta gestão

Publicado em 10/04/2019 - 13:05 | Atualizado em 10/04/2019 - 13:11
  • Início/
  • /
  • Prefeitura entrega novas 250 autonomias de táxi, totalizando mil nesta gestão

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, ao lado da secretária Municipal de Transportes, Virgínia Maria Salerno, entregou mais 250 autonomias de táxi durante evento realizado no Palácio da Cidade, na manhã desta quarta-feira (10).

Os beneficiados são auxiliares (homens e mulheres) com maior tempo de serviço como taxista. Em média, os motoristas aguardavam há 20 anos na fila para receber o benefício.

Seguindo o estabelecido no Decreto nº 45.798, do total de 250 autonomias distribuídas nesta quarta, 10% são reservadas a motoristas com deficiência, 10% a mulheres e outros 10% a motoristas que tenham pessoas com deficiência como dependentes econômicos. Portanto, cerca de 200 autonomias foram entregues no evento desta quarta, já que os demais auxiliares ainda precisam apresentar documentação que comprove a deficiência.

No dia 13 de março, o prefeito Marcelo Crivella entregou 240 autonomias a motoristas de táxi. No total, 300 autonomias foram liberadas na ocasião. As 60 restantes estão divididas entre 30 para pessoas com deficiência e 30 para motoristas com dependentes deficientes. No dia 11 de janeiro, a Prefeitura entregou outras 200 autonomias. E, em 14 de dezembro de 2018, outras 250 foram liberadas para motoristas que aguardavam há anos na fila.

Durante a gestão Crivella, já foram distribuídas 1.000 autonomias, incluindo as entregues nesta quarta.

O evento ainda contou com a participação do Procon Carioca e da Caixa Econômica Federal, que prestaram atendimento aos taxistas com interesse em renegociar dívidas e obter crédito pessoal, mediante análise.

Qualquer taxista poderá ter acesso aos mesmos serviços oferecidos no evento. Para abertura de conta, basta ir até a agência da Caixa Econômica Federal do Teleporto, que fica na R. Afonso Cavalcanti, 33 – Cidade Nova, se identificando como tal. O motorista que já tiver conta na Caixa e quiser renegociar dívidas, precisa se dirigir até sua agência de origem.

Documentos necessários: RG, CPF e comprovante de residência. No caso de análise de crédito, é preciso levar, também, comprovante de renda (imposto de renda ou declaração da cooperativa/associação).