Prefeitura entrega 70 novas autonomias a taxistas

Publicado em 25/10/2019 - 14:51 | Atualizado em 25/10/2019 - 15:02
Prefeitura distribui 70 novas autonomias de táxi Fotos: Marcos de Paula/Prefeitura do RioPrefeitura distribui 70 novas autonomias de táxi Fotos: Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, entregou 70 novas autonomias de táxi durante evento realizado no Palácio da Cidade, nesta sexta-feira, 25 de outubro. Com isso, a gestão atual atinge a marca de 2.050 autonomias distribuídas a auxiliares de táxi que aguardavam na fila há cerca de 20 anos. Ao longo da gestão anterior, apenas 589 autonomias foram entregues. O prefeito também lembrou serviços online ligados à categoria.

– Recomendo que conheçam o aplicativo Taxi.Rio que está fazendo 25 mil corridas por dia. São 600 mil usuários já inscritos. Agora fazem teste de wi-fi gratuito. O aplicativo pode trazer os passageiros mais jovens para os táxis – afirmou Crivella.

Camila de Souza Rodrigues Paixão, de 30 anos, comemorou o que chamou de “carta de alforria” das diárias.

– Sou formada em pedagogia, mas dirijo táxi há sete anos. Durante esse período, paguei R$ 120 por dia para trabalhar. Era desesperador. Isso aqui (mostrando a autonomia) é sinônimo de libertação dessa verdadeira escravidão. Estou muito feliz – disse Camila.

Adalberto Rezende Macedo, de 64 anos, disse que lutava pelo documento há mais de 15 anos.

– Para mim, esse pedaço de papel é um verdadeiro troféu, símbolo de uma luta intensa ao longo desses anos todos. Crio minha família (esposa, filha e duas netas) com o táxi. Agora, posso planejar mais investimentos no meu lar, dedicando mais tempo também aos meus parentes – planeja Adalberto.

Adriana Brito, 40 anos, Cristina Carvalhal, 37, e Lúcia do Prado , 51,  também foram contempladas com a autonomia. Elas trabalham há cerca de uma década na praça e demonstraram emoção assim que receberam suas autonomias.

– Esse documento representa novos sonhos, novo padrão e qualidade de vida para nossas famílias e maior possibilidade para comprarmos carros novos – resumiu Adriana.

O evento contou, mais uma vez, com a presença do Procon Carioca, que registrou pedidos de taxistas para renegociação de dívidas a fim de que não haja impedimento no processo de compra de seus veículos.

Os beneficiados são motoristas auxiliares (homens e mulheres) com maior tempo de serviço como taxista. Seguindo o que foi estabelecido em decreto municipal, 10% das 70 autonomias entregues nesta sexta-feira foram reservadas a motoristas com deficiência, outros 10% a mulheres e mais 10% a taxistas que tenham pessoas com deficiência como dependentes econômicos. A cidade do Rio tem, atualmente, cerca de 31 mil permissionários e 20 mil auxiliares de táxi.

  • 25 de outubro de 2019