Crivella chega à marca de mil autonomias entregues a taxistas

Publicado em 10/04/2019 - 13:59 | Atualizado em 10/04/2019 - 18:36
O taxista Luciano Mendes dos Santos recebe do prefeito Crivella sua autonomia como taxistaO taxista Luciano Mendes dos Santos recebe do prefeito Crivella sua autonomia como taxista. Foto: Maurício Val / Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, entregou nesta quarta-feira, 10 de abril, mais 250 autonomias de táxi e chegou à marca de mil licenças concedidas em sua gestão. Os beneficiados são motoristas auxiliares (homens e mulheres) com maior tempo de serviço como taxista. A solenidade foi no Palácio da Cidade, em Botafogo.

– Eu sei da luta de vocês. E agora, com as autonomias, esperamos que seja um novo tempo, com mais prosperidade, mais dinheiro no bolso e vida melhor para vocês e suas famílias – afirmou Crivella, voltando-se aos taxistas.

A taxista Glória Ferreira Pinto recebe do prefeito Crivella sua autonomia como taxista. Foto: Maurício Val / Prefeitura do Rio

Em média, os motoristas aguardavam há 20 anos na fila para receber o benefício. Glória Ferreira Pinto, de 60 anos, taxista desde 2002, disse que ter sua própria autonomia vai tirá-la “do sufoco”:

– Quando a gente é motorista auxiliar, já começa o dia devendo. A gente já acorda no prejuízo, porque tem que pagar a diária. Com essa oportunidade que a Prefeitura está me dando, esse dinheiro que antes ia para o pagamento da diária agora vai para minha família. Estou muito feliz.

LEIA MAIS: TAXI.RIO cresce, movimenta R$ 500 mil por dia e cria mercado para motoristas

Conforme estabelecido em decreto, das 250 autonomias distribuídas nesta quarta, 10% são reservadas a motoristas com deficiência; 10% a mulheres; e outros 10% a motoristas que tenham pessoas com deficiência como dependentes econômicos. A cidade do Rio tem, atualmente, cerca de 32 mil permissionários e 15 mil auxiliares de táxi.

Prefeitura promove encontro entre taxistas e Caixa para negociação de dívidas

Após o evento no Palácio, os taxistas tiveram a oportunidade de renegociar dívidas e obter crédito pessoal, mediante análise, em uma iniciativa que incluiu a Secretaria Municipal de Transportes e o Procon Carioca, em parceria com a Caixa Econômica Federal.

Qualquer taxista poderá ter acesso aos mesmos serviços oferecidos no evento. Basta ir até a agência da Caixa Econômica Federal do Teleporto, que fica na Rua Afonso Cavalcanti, 33 – Cidade Nova, e se identificar como motorista de táxi. Os documentos necessários são os seguintes: RG, CPF e comprovante de residência. No caso de análise de crédito, é preciso levar também comprovante de renda (imposto de renda ou declaração da cooperativa/associação).

  • 10 de abril de 2019