Superintendência da Zona Sul remove estruturas irregulares no Jardim de Alah

Publicado em 14/03/2019 - 14:04 | Atualizado em 15/03/2019 - 16:48
Superintendência remove estruturas irregulares no Jardim de AlahFoto: Divulgação/ Superintendência da Zona Sul 
Uma operação de combate a desordem urbana realizada, nesta quinta-feira (14/03), pela Superintendência da Zona Sul, retirou cinco estruturas irregulares que serviam de moradias improvisadas no Jardim de Alah, no Leblon. Durante a ação, os agentes apreenderam uma barra de ferro e chave de fenda entre os objetos removidos. Agentes da Comlurb recolheram uma tonelada de entulho, além de colchões, garrafas de vidro, uma estante e tapumes de madeira.
Superintendência remove estruturas irregulares no Jardim de Alah
Foto: Divulgação/ Superintendência da Zona Sul

Nove pessoas pessoas em situação de rua foram abordadas pelos agentes, mas se recusaram a ir para um abrigo municipal

As moradias improvisadas estavam montadas embaixo da ponte (na altura da Avenida Ataulfo de Paiva) e ao lado do canal. Durante a ação, nove pessoas em situação de rua foram abordadas pelos agentes, mas se recusaram a ir para um abrigo municipal.
“A Prefeitura continuará a atuar para impedir a degradação do espaço público. Ações frequentes e conjuntas, como a de hoje, não permitirão que a desordem urbana se estabeleça no local”, o superintendente da Zona Sul, Marcelo Maywald.
Superintendência remove estruturas irregulares no Jardim de Alah
Foto: Divulgação/ Superintendência da Zona Sul
A operação contou com o apoio da Guarda Municipal (UOP-Leblon) e da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH).
  • 14 de março de 2019