Prefeitura participa do lançamento de livro ilustrado sobre mulheres urbanistas que trabalharam na construção da cidade

Publicado em 19/01/2023 - 10:09 | Atualizado
O livro apresenta a trajetória de oito urbanistas, escolhidas por suas ações e representatividade durante o século XX - Divulgação

A Prefeitura do Rio participou, nesta quarta-feira (18/1), no Museu de Arte Moderna (MAM-Rio), do lançamento do livro ilustrado ‘Mulheres e a Construção da Cidade: histórias do urbanismo do Rio de Janeiro’, que fala sobre a contribuição de mulheres urbanistas, servidoras públicas do município do Rio de Janeiro, para o desenho da cidade. Publicado em parceria com a Editora Tix Edições e Arte, a obra foi viabilizada por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura (ISS), da Secretaria Municipal de Cultura. O livro foi completamente escrito por técnicos do Instituto Rio Patrimônio da Humanidade (IRPH).

– Tive o privilégio de trabalhar com várias das profissionais homenageadas nesse livro. São urbanistas que entregaram um legado para a história da cidade e da Prefeitura, que merece ser reconhecido – explicou o secretário municipal de Planejamento Urbano, Augusto Ivan.

O livro apresenta a trajetória de oito urbanistas escolhidas por suas ações e representatividade durante o século XX, desde as grandes mudanças sofridas pela cidade com a mudança da capital e a redemocratização do país, à gestão do ex-prefeito Luiz Paulo Fernandez Conde. Angela Fonti, Carmen Portinho, Helia Nacif, Iracy Ozorio, Letícia Hazan, Nina Rabha, Olga Campista e Verena Andreatta participaram ativamente, em diferentes órgãos, da construção urbana da paisagem carioca, a primeira do mundo a ser considerada patrimônio mundial da UNESCO.

Laura Di Blasi, presidente do IRPH, órgão da Prefeitura caracterizado por ter muitas mulheres em seus quadros, exaltou a participação feminina no funcionalismo.

– Cada projeto que sai do papel na administração pública, e se torna realidade na cidade, é uma vitória. Por isso, a determinação, disposição, ousadia e resiliência das mulheres retratadas neste livro, e de tantas outras servidoras municipais, ganham ainda mais importância.

Sob a organização de Cláudia Escarlate e coordenação de pesquisa de Juliana Oakim, a obra começou a ser idealizada em 2019. Durante esse tempo, cinco servidoras e servidores do quadro técnico do IRPH entrevistaram as homenageadas, suas famílias e seus colegas de trabalho, além de pesquisarem dados disponíveis na Hemeroteca Digital da Biblioteca Nacional e outras fontes documentais.  Após um intenso trabalho de pesquisa, as autoras e autores Carolina Calvente, Emmanuel Bellard, Lucia Helena Torres, Paula de Oliveira Camargo e Rafael Koury chegaram aos perfis descritos no livro, que conta detalhes da carreira dessas mulheres de destaque.

– Essas mulheres inspiraram todas nós que ainda estamos atuando como urbanistas na Prefeitura do Rio. Com algumas delas, eu trabalhei diretamente e aprendi muito. Então, quis, não só fazer uma homenagem, mas divulgar suas história para outras pessoas, agora e no futuro – explicou Claudia Escarlate, arquiteta e organizadora do livro.

Além de vasta pesquisa histórica, o livro conta com ilustrações da diretora de arte Ana Borelli, – e equipe – sócia-diretora da Editora Tix, que também foi responsável pela coordenação editorial e design gráfico da obra.

– Nosso grande desafio foi entender como seria a “cara” desse projeto e nós ainda encaramos a pandemia no meio do processo. Quando me deparei com o que a gente tinha de imagem, eu tive a ideia de ilustrar o livro. Foi a maneira que eu encontrei de dar unidade. Como essas ilustrações só existem nesse livro, ele é único e pensado para todos os públicos – disse Ana Borelli.

  • 19 de janeiro de 2023
  • Skip to content