Ciclovia da Zona Oeste recebe o plantio de 71 árvores

Publicado em 17/06/2021 - 17:15 | Atualizado
Plantio de 71 árvores nesta quinta e sexta - Divulgação/Prefeitura

A Fundação Parques e Jardins deu início, nesta quinta-feira (17/06), ao plantio de 71 mudas de árvores ao longo da ciclovia localizada entre as estações de trem ‘Campo Grande’, em Santa Cruz, e ‘Benjamin do Monte’, em Inhoaíba. A iniciativa vai beneficiar ciclistas e pedestres que utilizam o trecho diariamente, proporcionando mais qualidade no deslocamento, incentivando a diminuição do uso do automóvel e a redução da emissão de poluentes.

Árvores nativas da Mata Atlântica, como Pau-Brasil, Sibipiruna, Ingá e Pau Ferro, e espécies frutíferas, como Cajá, Nêspera, Manga e Carambola , irão oferecer mais sombra e conforto térmico aos usuários, além de contribuir com o paisagismo do local.

De acordo com o presidente da FPJ, Fabiano Carnevale, um dos maiores desafios da arborização urbana é proporcionar sombra para a grande malha cicloviária da cidade. O Rio atualmente conta com 458 quilômetros de ciclovias e quatro mil bicicletários.

– Além de estimular o uso de meios de locomoção não poluentes, é preciso oferecer melhores condições que proporcionarão um deslocamento seguro e com alguma atratividade aos usuários da bicicleta e de outros modais, incentivando o transporte urbano sustentável – destacou Fabiano, observando ainda que a cidade tem o compromisso de neutralizar emissões de gases até 2050.

A previsão é de que os plantios sejam concluídos na sexta-feira (18/06).

  • 17 de junho de 2021