Casas de Convivência para idosos fazem quase 15 mil atendimentos em quatro meses de atividades

Publicado em 30/09/2021 - 17:03 | Atualizado em 30/09/2021 - 20:02
Apresentação na reabertura da Casa de Convivência Padre Velloso - Marcelo Piu / Prefeitura do Rio

Reabertas a partir de maio, após meses fechadas devido à pandemia, as Casas de Convivência da Prefeitura já atenderam quase 15 mil pessoas em quatro meses, de acordo com balanço fechado até agosto. Nesta quinta-feira (30/09), uma nova unidade, a Padre Velloso, voltou à atividade em Botafogo, permitindo que mais cariocas sejam beneficiados.

A reinauguração desta quinta-feira faz parte das atividades da Secretaria Municipal do Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida pelos dias Nacional do Idoso e Internacional da Terceira Idade, celebrados nesta sexta-feira (01/10). No dia 22 de outubro essa casa completa 14 anos e, para comemorar a data, teve aula de Corpo em Movimento, Dança Solta e apresentação de percussão. Todos os protocolos sanitários são respeitados, e as atividades ocorrem em área externa, na Praça Corumbá.

As Casas de Convivência são espaços de socialização e promoção da qualidade de vida do seu público alvo, formado por pessoas de ambos os sexos, a partir de 60 anos. O secretário municipal do Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida, Junior da Lucinha, ressaltou a importância da vacinação para quem frequenta o local:

 

– Me enche de orgulho e alegria estar aqui nesse dia com tanta energia. Reabrimos as casas para que elas nunca mais sejam fechadas. Esse espaço é da população. É muito importante que todos se vacinem. Estaremos cobrando a 3ª dose também.

 

Para Ilma Cardoso, de 83 anos, a Casa de Convivência Padre Velloso foi um marco na vida dela:

 

– Antes de conhecer a casa, eu tomava 22 comprimidos. Ficava em casa sozinha. Não tinha vontade de fazer nada. Após a convivência e os exercícios, minha saúde melhorou 100%. Hoje eu não tomo mais nenhum remédio. Sou muito grata por ter esse espaço na minha vida.

 

Em agosto, as Casas Clara Nunes, em Madureira; Bibi Franklin Leal, na Tijuca; Naná Sette Câmara, em São Conrado, e Maria Haydee, na Gávea, realizaram 6.231 atendimentos. Em julho foram 5.081; em junho, 2.876 e, em maio, 532.

Os requisitos para frequentar as Casas de Convivência são: ter 60 anos ou mais e já ter sido vacinado contra a Covid-19 (é necessário apresentar a caderneta de vacinação). As inscrições já estão abertas. Os interessados devem levar documento de identidade, CPF, comprovante de residência e três fotos 3×4.

Programação das casas para outubro:

08/10
9h30 – Reabertura Casa de Convivência Carmem Miranda + Celebração Mês do Idoso

15/10
9h30 – Celebração Mês do Idoso na Casa de Convivência Naná Sette Câmara

19/10
9h30 – Celebração Mês do Idoso na Casa de Convivência Bibi Franklin Leal

22/10
9h30 – Aniversário da Casa de Convivência Padre Velloso + Celebração Mês do Idoso

26/10
9h30 – Celebração Mês do Idoso na Casa de Convivência Clara Nunes

29/10
9h30 – Celebração Mês do Idoso na Casa de Convivência Maria Haydée

 

Campanha ‘Viva o privilégio de envelhecer’ tem parceria para valorizar a autonomia dos idosos

 

Dia do Idoso terá celebração durante a semana para sensibilizar sociedade sobre envelhecimento