Prefeitura do Rio leva operações especiais de higienização à Comunidade Céu Azul, no Engenho Novo, e outras 43 nesta terça

Publicado em 05/05/2020 - 14:53 | Atualizado em 05/05/2020 - 15:11
Funcionários da Comlurb em ação para higienizar comunidades contra o novocoronavírus. Foto: divulgaçãoFuncionários da Comlurb em ação para higienizar comunidades contra o novocoronavírus. Foto: divulgação

A Prefeitura do Rio, por meio da Comlurb, levou as operações especiais de higienização, nesta terça-feira (05/05), à Comunidade Céu Azul, no Engenho Novo, na Zona Norte, e mais 43 comunidades das Zonas Norte, Sul, Oeste e Central da cidade. A iniciativa, que começou pela Rocinha, no dia 9/4 e que tem por objetivo reduzir os riscos de contaminação pelo coronavírus, já chegou a 382 comunidades. Todas receberam lavagem geral com água de reuso e detergente neutro.

Nesta terça, na Zona Sul, Grande Tijuca e Área Central, o serviço foi realizado nas seguintes comunidades: Arará, em Benfica, Bispo 117, Caçapava, Divineia, e Borda do Mato, no Grajaú, Cantagalo, em Ipanema, Chácara do Céu, Chacrinha, Coroa e Mineira, no Catumbi, Mangueira, Parque da Conquista, Santa Marta, em Botafogo, Santo Amaro, na Glória, Cruzada São Sebastião, no Leblon, Tabajaras, em Copacabana, Tavares Bastos, no Catete, Vila Clemente, e Vidigal, com um total de 54 garis, quatro pipas d’água, três vans lava-jato e 32 pulverizadores.

Zona Norte

Na Zona Norte foram incluídas na programação de terça-feira as seguintes comunidades: Céu Azul, Rato e Morro do Encontro, no Engenho Novo, Oito de Dezembro, em São Francisco Xavier, Barra Velas e Borgauto, em Ramos, Conjunto da Embratel e Conjunto do PAC, em Manguinhos, Às de Ouro e Tatão, em Anchieta, Complexo do Chapadão, Linha Verde e Parque Colúmbia, na Pavuna, Comunidade da Fazenda Botafogo, Nova Esperança, em Costa Barros, Curral, em Irajá, Para Pedro, em Colégio, Guarabu, na Ilha do Governador, Morro da Fé, na Penha, Pedra do Sapo, no Complexo do Alemão, e Vila Eugênia, em Marechal Hermes, com efetivo de 26 garis, sete pipas d’água e três pulverizadores.

Zona Oeste

Já na Zona Oeste o trabalho de higienização foi feito em quatro comunidades: Nova Sepetiba, Metral, em Vila Kennedy, e Coletivo, em Magalhães Bastos, com um total de 12 garis, três pipas d’água e quatro pulverizadores. E na Comunidade da Rua Quiririm, na Praça Seca, com efetivo de 20 garis, com apoio de uma pipa d’água e dois pulverizadores.

A Companhia segue também com as operações especiais de higienização nos pontos de maior circulação de pessoas, como vias principais de bairros, pontos de ônibus, passarelas, entorno de hospitais, clínicas da família e postos de saúde e acesso às estações de modais de transportes, entre outros.