Prefeitura aplica 346 multas ao BRT em três dias de fiscalização

Publicado em 24/06/2020 - 16:41 | Atualizado
Maioria das irregularidades é por lotação dos veículos. Só nesta quarta-feira foram 75 autuações. Foto: Divulgação / Prefeitura do RioMaioria das irregularidades é por lotação dos veículos. Só nesta quarta-feira foram 75 autuações. Foto: Divulgação / Prefeitura do Rio
A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Transportes (SMTR), aplicou 346 multas contra o BRT em ações de fiscalização nas estações de maior demanda, nos dias 22, 23 e 24 de junho. Nesta quarta-feira (24/06), equipes da SMTR estiveram nos terminais do BRT Alvorada e Santa Cruz e nas estações Madureira, Mato Alto e Pingo D´água. Foram emitidas 75 multas – na maioria dos casos, por lotação. Os fiscais encontraram outras irregularidades, como desorganização do terminal e intervalo entre os ônibus acima do permitido.

– O principal  objetivo das ações é verificar a qualidade dos serviços prestados à população, além de orientar os usuários dos sistemas de ônibus sobre as medidas da Prefeitura, com base nas recomendações dos órgãos de saúde – disse o secretário municipal de Transportes, Paulo Jobim.


Operações de fiscalização e orientação se intensificam


Desde o início das ações de combate à Covid-19, mais de 2.100 autuações foram registradas por inconformidades nos serviços de linhas de ônibus convencionais e do BRT. Dessas, mais de 1.600 foram por lotação indevida nos coletivos.

–  As ações de orientação e fiscalização seguirão intensificadas, com fiscais atuando diariamente nos pontos de maior demanda de passageiros, que tem aumentado com a retomada gradual das atividades. Estamos cobrando que o BRT e os consórcios atuantes na cidade reforcem suas frotas e se adequem à necessidade da população carioca – informou o subsecretário de Transportes, Allan Borges.