Guarda Municipal leva ‘abraço musical’ aos bairros da Vila da Penha e de Vista Alegre

Publicado em 07/07/2020 - 13:58 | Atualizado
Apresentação do Abraço Musical na Zona Norte do Rio. Foto: Divulgação: Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio, por meio da Guarda Municipal, realizou na manhã desta terça-feira, dia 7, duas apresentações do projeto “Abraço Musical”, levando os músicos da Banda Sinfônica para tocar nos bairros de Vila da Penha e Vista Alegre, na Zona Norte do Rio. As apresentações ocorreram na Praça Paulo Setúbal, popularmente conhecida como “Praça da Cetel”, em Vila da Penha; e na Praça do Grêmio Recreativo Água Grande, em Vista Alegre.

Os moradores da Zona Norte foram contemplados com um repertório especial que incluiu clássicos da Música Popular Brasileira, como “Que nem maré”, de Jorge Vercillo; Pot-pourri com sucessos de Tim Maia; “Se todos fossem iguais a você”, de Tom Jobim e Vinícius de Moraes; “Chega de Saudade”, de Tom Jobim; e “Qui nem Jiló”, de Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira.

Com regência do maestro Gilberto Machado, a Banda foi formada pelos músicos Maria Rita e Roberto Meia, nas flautas; Edilene Araújo e Allan de Oliveira, nos clarinetes; Marllon dos Santos, no saxofone alto; Jeferson Jacintho, no trombone; Tiago Elias, no trompete; e Jamir Torres, na percussão.

Mais quatro apresentações da Banda estão agendadas para esta semana. Na quarta-feira, dia 8, os músicos estarão nos condomínios Solar dos Pássaros, Cardeal Câmara e na Avenida Monsenhor Felix, esquina com Rua Dúlio Costa, ambos no bairro de Irajá. Já na quinta-feira, dia 9, uma apresentação especial será feita para os guardas municipais do Grupamento de Ronda Escolar, na base de Campo Grande, na Zona Oeste.

O projeto cultural “Abraço Musical” teve início no dia 5 de maio, com o objetivo de levar alegria e distração a moradores que cumprem o afastamento social em casa. Até o momento, os músicos já passaram por 38 bairros de todas as regiões da cidade, seis hospitais da rede municipal e sete bases operacionais da Guarda Municipal.