Dia do Combate à LGBTIFobia: Saiba como recorrer à Coordenadoria Executiva da Diversidade Sexual

Publicado em 17/05/2021 - 18:47 | Atualizado em 17/05/2021 - 21:46
  • Início/
  • /
  • Dia do Combate à LGBTIFobia: Saiba como recorrer à Coordenadoria Executiva da Diversidade Sexual
Bandeira é fincada na orla do Rio - Alexandre Macieira / Prefeitura do Rio

Dezessete de maio é o Dia Internacional de Combate à LGBTIfobia. Nesta mesma data, em 1991, a Organização Mundial da Saúde excluiu a homossexualidade da Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados com a Saúde (CID), passando a reconhecê-la oficialmente como uma orientação sexual, e não mais como um distúrbio mental.

No município do Rio, a Coordenadoria Executiva da Diversidade Sexual é a responsável por criar, coordenar e fiscalizar as políticas públicas voltadas à promoção da cidadania LGBTI+ e ao combate à discriminação por identidade de gênero e orientação sexual. Além disso, a CEDS acolhe cidadãos vítimas de violência e de violações de direitos civis, prestando assessoria jurídica e acompanhando as denúncias junto aos órgãos responsáveis por sua investigação.

– Só a denúncia é a solução. Exercer a cidadania passa também por não ficarmos calados diante do desrespeito. Ao denunciar, o cidadão ou cidadã assegura que outras pessoas não sofram com a violação de direitos civis adquiridos por meio de muita luta. A marca do Rio é a diversidade, e o nosso trabalho é garantir a consolidação dessa cultura de acolhimento em nosso município – lembra o coordenador da CEDS, Carlos Tufvesson.

O atendimento ao público acontece de segunda a sexta-feira, das 10h às 18h, tanto virtual quanto presencialmente na sala da Coordenadoria, localizada no Palácio da Cidade (Rua São Clemente 360, Botafogo). O agendamento pode ser feito por telefone (21 2976-9138), e-mail (cedsrio@gmail.com) ou pelas redes sociais da CEDS.

Facebook: @CEDSRio
Instagram: @cedsrio
Twitter: @CedsRio

 

Prédio de centro de acolhimento é abraçado para marcar Dia Internacional do Combate à LGBTIfobia

  • 17 de maio de 2021