Coronavírus: veja aqui as medidas adotadas pela Prefeitura neste domingo (05/04) para conter a pandemia na cidade

Publicado em 05/04/2020 - 20:19 | Atualizado em 06/04/2020 - 13:36
Prefeitura oferece transporte para servidores da Saúde, Guarda Municipal e Assistência SocialPrefeitura oferece transporte para servidores da Saúde, Guarda Municipal e Assistência Social. Foto: Divulgação

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, decidiu, junto ao Gabinete de Crise do município contra o novo coronavírus, preparar um decreto com determinação de horários diferenciados de turnos de trabalho para os setores da indústria, comércio e serviços.

Segundo ele, o início do primeiro turno será para a indústria, depois para as atividades essenciais mantidas abertas e, na sequência, para o setor de serviços. A medida tem por objetivo acabar com as aglomerações nos meios de transportes, evitando assim a contaminação de pessoas.

– Todos os esforços feitos pela Guarda Municipal, pela Polícia Militar e pelos fiscais da Secretaria Municipal de Transportes se mostraram ainda insuficientes. Pensamos nesta opção desde o dia 13 de março, quando fizemos nossa primeira reunião do gabinete de crise. Mas por falta de implementação voluntária, passará a vigorar por força de lei – afirmou Crivella.

O prefeito informou também que o juiz federal da 9ª Vara Criminal, José Eduardo Nobre Mata, requisitou à Prefeitura que apresente projetos de combate ao novo coronavírus para, a partir daí, liberar recursos sequestrados pela Justiça na operação Lava-Jato.

Outra novidade que ajudará no combate ao vírus está, segundo Crivella, na atuação da RioSaúde na contratação de pessoal para o Hospital Federal de Bonsucesso e o Hospital do Fundão – uma sinergia de mão de obra de recursos humanos que possibilitará a abertura de novos leitos para pacientes na cidade.

Ação contra aglomeração

Na madrugada deste domingo, uma ação das secretarias municipais de Ordem Pública (Seop) e da Fazenda (SMF) e da Guarda Municipal fechou três bares que funcionavam sem autorização em Curicica, na Zona Oeste. Um deles promovia em seu interior e na via pública evento com música que reunia cerca de 60 pessoas. Foram apreendidas ainda cinco máquinas caça-níqueis, encaminhadas à delegacia da área pela Polícia Militar para averiguação.

Ônibus especiais para servidores

Utilizados para levar alunos às unidades escolares, os Ônibus da Liberdade estão sendo usados para transportar gratuitamente mais de 4 mil servidores da Secretaria Municipal de Saúde, da RioSaúde, da Guarda Municipal e da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos. A Secretaria Municipal de Educação colocou 31 veículos à disposição desses trabalhadores de atividades essenciais. A ação não tem custos adicionais para a Prefeitura e beneficia servidores residentes dos seguintes municípios: Itaguaí, Belford Roxo, Duque de Caxias, Mesquita, Nilópolis, Nova Iguaçu, Queimados, Seropédica, São João de Meriti, São Gonçalo e Niterói.

As linhas funcionam de segunda a sexta-feira, com horários de partida das 5h30 às 7h30 e retorno das 17h30 às 20h. Nos fins de semana, a frota funcionará em caráter excepcional. Será disponibilizado um ônibus para atender aos funcionários, com uma viagem de ida e outra de volta.

No resumo a seguir, a Prefeitura do Rio apresenta as principais medidas anunciadas neste domingo para combater a pandemia na cidade. Acompanhe:

 

ASSISTÊNCIA SOCIAL
– A SMASDH vai se credenciar para participar do Edital de Seleção de Projetos Sociais para combate à pandemia de Covid-19 que está sendo feito pela 9ª Vara Federal Criminal da Seção Judiciária do Rio de Janeiro. O Edital vai selecionar propostas que visem à aquisição de material, equipamentos ou insumos de saúde para o combate à pandemia de Covid-19, custeadas com recursos da Lava-Jato. Os valores por projeto são de até R$ 1.000.000,00 que serão custeados com valores apreendidos, já de posse do juízo. O Prefeito Marcelo Crivella já foi comunicado pela 9ª Vara que as propostas podem ser para a aquisição de equipamentos, kits para testagem, materiais de proteção e outros insumos para utilização pelos profissionais de saúde, para atuação em unidades básicas de saúde, hospitais, hospitais de campanha, laboratórios, dentre outros, ou custeio de prestação de serviços necessários à prevenção, monitoramento, vigilância ou combate à pandemia de Covid-19.

– A partir desta segunda-feira (06/04), um dos espaços de acolhimento de população em situação de rua no Sambódromo vai receber mais 60 pessoas. Todos os acolhidos serão vacinados para o H1N1, e, enquanto durar o período de pandemia do Covid-19, quem optar por sair do local de abrigamento não poderá voltar. O objetivo é que esta população também se mantenha em quarentena para que a saúde deles e das demais pessoas da sociedade seja preservada. Os quartos têm, em média, sete camas e ventiladores. Já nos banheiros foram instalados chuveiros. Os acolhidos vão receber um kit higiene — a prefeitura adquiriu 15 mil desses, porque muitos já estão recebendo na rua — , com sabonete, creme dental, escova de dentes, lenço e toalha, e terão direito a três refeições diárias e lanches também.

– Cerca de 5 mil idosos atendidos pelos Centros de Convivência vão receber cestas básicas que serão adquiridas pela SMASDH.

– Taxistas auxiliares, aqueles que pagam diárias e que têm acima de 60 anos, vão continuar a receber, de segunda (06/04) até quinta-feira (09/04), cestas básicas adquiridas pela SMASDH.
Estarão aptos a receber as cestas os taxistas auxiliares que têm acima de 60 anos, inclusive os que completam em 2020. Eles estão sendo comunicados pelo aplicativo Taxi.Rio. No momento da retirada, será preciso apresentar o CIAT, além de documento oficial com foto. A entrada será pela Rua Olof Palm, portão D.
A distribuição será dividida conforme as iniciais dos nomes dos taxistas. Confira abaixo as datas:
Segunda-feira: letras D / E / F / G / H / I
Terça-feira: letras J / K
Quarta-feira: letras L / M / N / O
Quinta-feira: letras P / R / S / T / U / V / W / Z

 

GUARDA MUNICIPAL
Fiscalização – Guardas municipais da 5ª Inspetoria (Bangu), em ação conjunta com policiais militares do 14° Batalhão e servidores da XVII Região Administrativa de Bangu, realizaram neste domingo (05/04) o fechamento de oito bares que funcionavam sem autorização na localidade conhecida como Ponto Chic, em Padre Miguel, Zona Oeste da cidade. Os estabelecimentos funcionavam em desacordo com o decreto n° 47.285 de 26 de março de 2020, da Prefeitura do Rio, que determina o fechamento obrigatório de comércio não essencial.

BRT – Atua diariamente com 176 guardas municipais no patrulhamento de 50 estações do BRT (corredores da Transoeste, Transolímpica e Transcarioca) para evitar aglomeração e fiscalizar se os passageiros estão sendo transportados sentados nos ônibus, conforme determinação da prefeitura.

Conscientização – Guardas municipais conscientizam a população para evitar aglomerações, utilizando megafone para alertar sobre os riscos do novo coronavírus e a necessidade de ficar em casa, respeitando o período de distanciamento social. As equipes percorrem estações do BRT e o calçadão das praias das zonas Sul e Oeste, entre outros pontos onde há concentração de pessoas.

Apreensões – Em ações de ordenamento urbano, guardas municipais apreenderam 172 máscaras cirúrgicas, 100 luvas e 876 frascos de álcool em gel sem procedência, que estavam sendo comercializados por ambulantes sem autorização nos bairros de Bangu, Campo Grande, Centro, Tijuca, Ipanema e Copacabana.

Vacinação – A Guarda Municipal apoia a campanha de vacinação contra a gripe com o efetivo de 116 agentes e 38 veículos para o controle e o monitoramento do trânsito de 162 unidades saúde do município, além de postos do Detran que funcionam com sistema “drive thru”.

Outros pontos de atuação – A Guarda Municipal atua também em 22 pontos turísticos e em áreas de proteção ambiental interditados, além de 23 praças e áreas de lazer da cidade – incluindo as praias -, para coibir concentrações de pessoas. A Guarda apoia ainda os restaurantes populares, o Sambódromo e o Hospital de Campanha, no Riocentro.

Cestas básicas  – Apoia a Prefeitura do Rio na distribuição de cestas básicas para trabalhadores autônomos (ambulantes e taxistas). A ação envolve 12 unidades operacionais no armazenamento, logística e auxílio aos funcionários da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos.

 

SECRETARIA MUNICIPAL DE ORDEM PÚBLICA
– A Prefeitura, por meio das secretarias municipais de Ordem Pública (Seop) e Fazenda (SMF) e da Guarda Municipal, fechou, na madrugada deste domingo (05/04), três bares que funcionavam sem autorização em Curicica, na Zona Oeste. Um deles promovia em seu interior e na via pública evento com música que reunia cerca de 60 pessoas. Foram apreendidas ainda cinco máquinas caça-níqueis, encaminhadas à delegacia da área pela Polícia Militar para averiguação.

– A operação conjunta com o 18º Batalhão da PM (Freguesia) contou com a participação de agentes do Disk Aglomeração, da Seop e das coordenadorias de Licenciamento e Fiscalização e de Controle Urbano, da SMF, e de grupamentos especiais da Guarda. Além de desrespeitar o fechamento obrigatório de comércios não essenciais – seguindo as diretrizes do Decreto 47.285 (26/03/2020) -, os estabelecimentos não possuíam alvará.

– Ao longo deste domingo, as ações do Disk Aglomeração continuaram em dez bairros das Zonas Norte e Oeste: Irajá, Realengo, Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes, Santa Cruz, Bangu, Padre Miguel, Taquara, Cosmo e Campo Grande. Já Copacabana, Leme, Ipanema, Leblon e Jardim Botânico, na Zona Sul, receberam operações integradas das secretarias municipais de Ordem Pública e Fazenda para fiscaliza o cumprimento das restrições ao comércio.

– Somente nas ações integradas pela Seop foram fechados 1.217 estabelecimentos não essenciais na cidade até a sábado (4). As operações acontecem em toda a cidade, diariamente, em comboios. Em outra frente, o Disk Aglomeração, coordenado pela Ordem Pública, já realizou 546 atendimentos nos cinco primeiros dias de operação via canal 1746 (entre terça, 1º, e sábado, 4). Campo Grande, Centro e áreas da Zona Oeste lideram os chamados para o serviço.

– A suspensão do comércio é por tempo indeterminado. Entre as exceções estão supermercados e hortifrutis; padarias (sem consumo no local); pet shops; lojas de materiais de construção; e postos de combustíveis. Mais informações no link: https://bit.ly/2UkFehX.

 

EDUCAÇÃO
– Aulas suspensas na Rede Municipal de Ensino até 12 de abril, conforme decreto publicado pela Prefeitura do Rio quinta-feira (26/3).

– Os Ônibus da Liberdade, que levam alunos às unidades escolares, serão utilizados para o transporte de profissionais da Saúde, Guarda Municipal e Assistência Social, saindo de pontos da Baixada Fluminense, Niterói e São Gonçalo para três destinos: Alvorada, Central do Brasil e Madureira, para que se desloquem até seus postos de trabalho. Serão beneficiados 4.048 profissionais.

– Aplicativo SME CARIOCA, lançado pela Secretaria Municipal de Educação para manter os alunos estudando durante o período de suspensão das aulas, registrou até o momento, domingo, 05/04, mais de 1,5 milhão de acessos, inclusive de países da Europa, América do Sul, Ásia e América do Norte, além de diversos municípios do Rio de Janeiro e estados do Brasil. Acesso a partir de celulares e também de computadores através do link https://app.vc/smecarioca2020.

– A Secretaria Municipal de Educação já recolheu mais de 22 toneladas de gêneros alimentícios que seriam utilizados na merenda de unidades escolares e foram doados a instituições como ONGs e abrigos. Estão sendo doados alimentos como feijão, arroz, proteínas (carnes e ovos), macarrão, azeite, óleo, leite, achocolatado, café, sal, açúcar, biscoitos (doce e salgado), entre outros itens.

– A Gerência de Leitura da Secretaria Municipal de Educação lançou o canal Sala de Leitura SME Carioca no Youtube para incentivar práticas leitoras nos alunos da Rede Municipal de Ensino. O canal (https://www.youtube.com/channel/UCdERFeChcuTmW2q72_8RpmQ) também é um meio para que os alunos do município do Rio tenham mais uma atividade durante a quarentena, evitar aglomerações e combater a expansão do coronavírus.

– Material de Complementação Escolar, com vários recursos de apoio pedagógico ligados aos conteúdos curriculares dos anos de Escolaridade da Educação Básica, está disponível no site multi.rio/mce. Material Didático Escolar também está aberto para consultas no Portal da MultiRio (www.multirio.rj.gov.br). Conteúdos audiovisuais disponíveis (www.multirio.rj.gov.br/assista)

– A Secretaria de Educação está desenvolvendo conteúdos específicos para a plataforma de aulas digitais da Microsoft Teams.

– Plataforma de matemática, acessível pelo sistema MATIFIC, também está disponível para alunos.

 

FAZENDA
– A Subesecretaria de Licenciamento, Fiscalização e Controle Urbano, da Secretaria Municipal de Fazenda, vistoriou neste domingo quiosques da orla de Copacabana, bares e restaurantes da Zona Sul do Rio. Ao todo, foram interditados integralmente oito quiosques. A ação também suspendeu o atendimento que vinha sendo realizado presencialmente em um bar, em um restaurante e uma lanchonete na Zona Sul do Rio. A ação contou com a Coordenaria de Licenciamento e Fiscalização e o apoio da Coordenadoria de Controle Urbano, da SEOP e da Guarda Municipal.

 

SAÚDE
– O subsecretário geral executivo da SMS, Jorge Darze, anunciou que o movimento ‘Unidos contra o coronavírus’ , formado por empresários,  vai doar cinco mil testes para detecção de Covid-19 para o município. A proposta é iniciar a testagem com os profissionais de saúde do Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, unidade de referência para o coronavírus.

– RioSaúde busca apoio de costureiras do samba. A empresa pública vai fornecer matéria-prima e as profissionais das escolas Unidos de Padre Miguel e Unidos de Vila Isabel vão confeccionar máscaras e capotes.

– Desde o início da Campanha Nacional de Vacinação, no dia 23 de março, 807 mil pessoas já foram imunizadas na cidade. As vacinas são aplicadas em postos drive thru e nas 233 unidades de saúde da rede. Além disso, 35 mil idosos acima de 80 anos cadastrados nas clínicas da família foram também vacinados em seus domicílios.

– Hospital Municipal Ronaldo Gazolla ganhará 16 monitores multiparamétricos, nove respiradores e 20 colchões, que foram retirados na quinta-feira (02/04), do Hospital Espanhol (fechado desde fevereiro), através da primeira requisição administrativa de equipamentos hospitalares.

– Há ainda cerca de 90 camas hospitalares, equipamentos de centro cirúrgico, bombas infusoras e outros mobiliários que deverão sair nos próximos dias.

– A ação foi baseada no Decreto n° 47.312, de 27/03/20, publicado no Diário Oficial extraordinário no sábado (28/03). O decreto permite ao município, diante da prática de preços abusivos ou recusa de disponibilização de bens ou insumos, requisitar administrativamente o que for necessário ao enfrentamento da pandemia para pagamento posterior, a justo valor.

– Reforço de quase mil leitos – A rede de saúde da cidade terá o reforço de quase mil leitos também para o atendimento de pacientes com o novo coronavírus. Além do Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, em Acari, a Prefeitura já iniciou a montagem do hospital de campanha no Pavilhão 3 do Riocentro. Serão instalados 500 leitos, mas o número poderá ser ampliado de acordo com a necessidade. A obra está sendo realizada pela Secretaria Municipal de Infraestrutura, Habitação e Conservação. O Hospital Ronaldo Gazolla terá 381 leitos destinados aos pacientes com coronavírus, sendo 182 serão de UTI adulto e 19 de UTI pediátrica. Dos leitos projetados, 128 já estão disponíveis. A unidade só recebe pacientes encaminhados por hospitais, UPAs ou unidades de Atenção Primária.

-Mais 11 ambulâncias irão reforçar o transporte de pacientes na cidade. Ao todo, a rede municipal de saúde passa a contar com mais de 70 ambulâncias.

-SMS aguarda a chegada de equipamentos de proteção individual e insumos comprados para reforçar os seus estoques, entre os itens adquiridos estão 14 milhões de máscaras, 3 milhões de toucas e mais de 500 mil luvas.

– Ampliação dos laboratórios que realizam o teste para Covid19. Além do Lacen, o hospital Graffrée Guinlee e a Policlínica Piquet Carneiro também farão os exames.

-A saúde vai receber doação de R$ 2,5 milhões do BNDES em camas para o hospital de campanha.

-10 carrinhos de anestesia e 10 monitores já chegaram da China e estão no aeroporto. Outros 200 respiradores deverão chegar até final do mês de abril. A SMS está pedindo apoio da FAB para ir buscar esses equipamentos comprados pela Prefeitura no ano passado e que fazem parte do investimento de mais de R$ 370 milhões na renovação do parque tecnológico da saúde.

– Contratação de profissionais:
RioSaúde realizou processo seletivo emergencial para admissão de 841 profissionais, para contrato temporário para reforçar a equipe do Ronaldo Gazolla durante a epidemia do coronavírus.
Chamamento de 294 novos profissionais de saúde concursados (214 enfermeiros e 80 técnicos de enfermagem) para a rede da SMS.
Publicação no Diário Oficial de 24/03/20 do chamamento de estudantes de Medicina – 753 vagas –  e de fisioterapia – 11 vagas – aprovados como acadêmicos bolsistas e de profissionais de Enfermagem aprovados para Residência em Enfermagem de Família e Comunidade – 27 vagas.

 

VIGILÂNCIA SANITÁRIA
De olho na aglomeração e em banheiros
– Em cumprimento a mais uma determinação do prefeito Marcelo Crivella voltada à prevenção e combate ao coronavírus (Covid-19), a Subsecretaria de Vigilância Sanitária iniciou as fiscalizações em bancos e lojas de conveniência de posto de gasolina para conferir as normas sanitárias e coibir a aglomeração de pessoas, como prevê o Decreto RIO 47282/20. Ao mesmo tempo, técnicos da pasta que é vinculada à Secretaria Municipal de Saúde (SMS) inspecionam os banheiros desses estabelecimentos conferindo se há lavatórios com água corrente, dispensadores de sabão líquido e de papel-toalha, e ainda lixeiras com tampas acionadas por pedal para evitar o contato com as mãos. Esta ação atende a Resolução 4342/20 da SMS, publicada no Diário Oficial do último dia 30. Em dois dias da dupla ação (em 2 e 3 de abril), foram feitas 30 inspeções, entre elas, dez para verificar denúncia de aglomeração e três relativas à falta de álcool gel e de higiene em geral. No total, foram aplicadas seis infrações, sendo uma por aglomeração, uma por falta de higiene e quatro por falta de licença sanitária. As ações prosseguem a partir desta segunda (06/04), com vistorias em mais estabelecimentos da cidade.

Inspeções 24 horas
– A Vigilância Sanitária mantém os serviços essenciais, como o atendimento 24 horas de demandas da Central 1746, com foco em denúncias relativas ao coronavírus (Covid-19). Nas últimas três semanas, técnicos sanitários realizaram, em média, 40 inspeções por dia, a maioria referente à falta de equipamento de proteção individual (EPI), venda de medicamentos para o tratamento do Covid-19 (o que ainda não há confirmação nem liberação) e comercialização irregular de álcool 70%, como a flagrada recentemente na Ceasa-RJ, em Irajá, na ação conjunta com a Delegacia de Defesa do Consumidor (Decon). As equipes seguem fiscalizando mercados, farmácias e demais estabelecimentos autorizados a funcionar checando, em especial, irregularidades denunciadas pela população na Central 1746.

Segurança Alimentar no Hospital de Campanha
– A equipe multidisciplinar da Vigilância Sanitária segue no Riocentro com o trabalho de prevenção em segurança alimentar e vigilância sanitária voltado para a força de trabalho já presente e os futuros pacientes do Hospital de Campanha em construção no local. Engenheiros, enfermeiros, médicos-veterinários e nutricionistas, entre outros profissionais, participam do projeto conferindo as estruturas físicas e reforçando orientações sobre as normas sanitárias e os processos de segurança a serem adotados para a prevenção de riscos à saúde. Entre as missões, os técnicos avaliam a instalação dos processos de esterilização e de procedimentos invasivos e as áreas da farmácia, almoxarifado, tratamento dos resíduos comuns e biológicos, cozinha e refeitório. A Coordenação de Alimentos da Vigilância já está a postos para elaborar com a empresa contratada o cardápio não só para os pacientes como para tosod os profissionais que vão trabalhar na unidade.

Cartilha para unidades prisionais
– A Vigilância Sanitária continua com a produção de materiais para orientar diversos segmentos e à população em geral sobre ações de prevenção de riscos à saúde que auxiliam no combate ao coronavírus (Covid-19). Além dos mais de dez Boletins Informativos com recomendações para estabelecimentos de alimentos, saúde, delivery e serviços funerários, entre outros, nesta sexta-feira (03/04) a Superintendência de Educação do órgão concluiu uma cartilha com normas sanitárias específica para presídios e unidades de recuperação de menores infratores. São medidas que devem ser adotadas como forma de minimizar a disseminação do vírus no ambiente prisional, contribuindo para preservar a saúde tanto da população carcerária como dos profissionais que atuam nestas instituições. A cartilha será disponibilizada à direção de cada unidade prisional na próxima quarta-feira (08/04).

Outras Medidas Preventivas
– Entre os mais de dez materiais informativos com foco na prevenção do Covid-19, a equipe técnica da Vigilância concluiu neste sábado (04/04) o boletim Manejo de Resíduos Comuns Referentes ao Covid-19, voltado em especial para os condomínios. O pequeno manual reúne orientações sobre o descarte de lixo para nortear auxiliares de serviços gerais, síndicos e até donas de casa sobre o descarte de lixo e resíduos, com recomendações para quem tenha contato com qualquer pessoa com suspeita ou confirmação de ser portadora do coronavírus.

Serviços de Zoonoses
– O Instituto Municipal de Medicina Veterinária Jorge Vaitsman (IJV, em São Cristóvão) e o Centro de Controle de Zoonoses Paulo Dacorso Filho (CCZ, em Santa Cruz) continuam funcionando com serviços reduzidos.
– As castrações e outras cirurgias eletivas estão suspensas.
– Os centros cirúrgicos das duas unidades atendem apenas casos de urgência, definidos por triagens diárias.
– Os atendimentos a animais agressores e investigações caninas para leishmaniose prosseguem com avaliações de caso a caso.
– O tratamento da esporotricose (zoonose transmitida ao homem por animais, principalmente, gatos) segue normal nas duas unidades.
– A remoção de animais de grande e médio porte em vias públicas e de carcaças de morcegos, macacos e micos continua normal.

Licença Sanitária
– Continua suspensa a emissão da licença sanitária para eventos. Dúvidas podem ser esclarecidas pelo e-mail duvidasvisa.licenciamento@gmail.com ou presencialmente, de segunda a sexta-feira, das 11h às 15h, na Superintendência de Educação da Vigilância (Rua Maria Eugênia, 148, Humaitá).

Atendimento Presencial
– Mesmo com a redução de serviços, a Vigilância mantém atendimento presencial ao público nas unidades de fiscalização que funcionam no Complexo Zona Sul (Avenida Pasteur, 44, Botafogo), Centro (Rua do Lavradio, 180, Lapa) e Superintendência de Educação (Rua Maria Eugênia, 148, Humaitá). O horário é das 11h às 15h, de segunda a sexta-feira e com distribuição de 20 senhas por dia.

Atendimento Online
– Para orientações e dúvidas, a população conta com e-mails criados para canal direto com cada área de atuação:
Alimentos: duvidasvisa.alimentos@gmail.com
Ambientes Coletivos: duvidasvisa.ambientescoletivos@gmail.com
Engenharia: duvidasvisa.engenhariasanitaria@gmail.com
Eventos: duvidasvisa.licenciamento@gmail.com
Saúde: duvidasvisa.saude@gmail.com
Zoonoses: duvidasvisa.zoonoses@gmail.com

 

TRANSPORTES
– Fiscais da Secretaria Municipal de Transportes seguem percorrendo os corredores do BRT para verificar o cumprimento da determinação de transportar somente passageiros sentados. Desde o início das ações contra a disseminação do novo coronavírus, 158 multas foram aplicadas. Outras 43 autuações foram aplicadas aos demais consórcios atuantes na cidade por inoperância de linhas de ônibus convencionais, circulação com frota abaixo do autorizado pela SMTR, falta de vistoria e cobrança de tarifa com valor diferente do estabelecido.

 

CET-RIO
– A CET-Rio faz operação no Riocentro para a distribuição de cestas básicas para taxistas auxiliares. O objetivo é que  sejam atendidos com toda a segurança. Operadores de tráfego orientam os motoristas;

– Suspensão por tempo indeterminado de autorizações para eventos (culturais, esportivos e outros);

– CET-Rio e a Guarda Municipal estão presentes desde às 7h monitorando e organizando o trânsito no entorno dos postos de vacinação na cidade. Foram montadas linhas de cones para organização das filas e está sendo combatida a espera em fila dupla. Verifica-se uma grande procura por todos os postos, com destaque para os postos da Barra da Tijuca, Catete e Haddock Lobo.

– A CET-Rio também está atuando nas estações do BRT para evitar que os ônibus circulem com passageiros em pé

– Em complemento as medidas de combate à pandemia de coronavírus na Cidade do Rio de Janeiro, a CET-Rio comunica que estão temporariamente suspensas as APCCs (Áreas de Proteção ao Ciclismo de Competição), que ocorrem às terças e quintas na Reserva (Barra da Tijuca e Recreio) e Aterro do Flamengo das 4h às 5h30, assim como, do Porto Maravilha aos domingos das 6 às 8h.

 

COMLURB
– Higienização – As equipes da Comlurb  realizam, diariamente, a higienização dos pontos de maior circulação de pessoas, com água e detergente, como: principais vias da cidade, pontos de ônibus, passarelas, entorno de hospitais, Clínicas da Família e postos de saúde, acesso às estações dos modais de transporte, entre outros. Nesta sexta-feira o trabalho foi feito em locais, como: Ponte da Barra da Tijuca; ladeiras de Santa Teresa, incluindo a estação de bonde; Clínica da Família Nagib Jorge Farah e pontos de ônibus no Jardim América; comunidade Faz Quem Quer, em Rocha Miranda, incluindo o entorno da creche municipal; mobiliário urbano nas praças de Marechal Hermes e do Santo Cristo; pontos de ônibus da Leopoldina; entorno das estações do metrô de São Cristóvão,  de Triagem e do Flamengo; e pulverização na Avenida Atlântica.

– Sambódromo – A Companhia atua na limpeza das escolas municipais localizadas nos setores 12 e 13 do Sambódromo, que servem de alojamentos para moradores em situação de rua durante a pandemia do coronavírus. O trabalho entrou no sétimo dia nesta sexta-feira (03/04), com aumento do efetivo para seis garis, que fazem os serviços de varrição, remoção de resíduos, lavagem do pátio externo, de banheiros e dos escritórios, e higienização de maçanetas, corrimãos e parapeitos.

– Riocentro – O trabalho continua também na manutenção da limpeza dos pavilhões 2, 3 e 4 do Riocentro, que abrigará o hospital de campanha da Prefeitura. O trabalho já dura 12 dias, com serviços de varrição, remoção de resíduos, inspeção de bueiros com equipe de controle de vetores, e lavagem geral com água e detergente, com um total de até 180 garis em operação. Caberá à Comlurb a manutenção de limpeza dos escritórios e banheiros do futuro hospital.

– Atendimentos presenciais suspensos – O atendimento realizado pela Ouvidoria será feito apenas online, e ficam suspensos também os realizados pelo Protocolo e pelo Programa Lixo Zero, cujos recursos de multas terão o prazo estendido. O atendimento ao controle de vetores se dará somente em áreas externas, sem acesso ao interior de residências.

 

MEIO AMBIENTE
– Está doando toda a produção de alimentos do programa Hortas Cariocas, cerca de 6 toneladas mês, para as famílias de moradores das comunidades de baixa renda que atravessam muitas dificuldades de abastecimento com a crise do novo coronavírus. O Hortas Cariocas produz verduras e legumes biofortificados (produtos com maior teor nutritivo), cultivados exclusivamente com o uso de produtos orgânicos.

– Atualmente, as 42 hortas do programa doam metade de toda a produção para asilos, abrigos, orfanatos, bem como para famílias que se encontram em situação de insegurança alimentar ou vulnerabilidade econômica. A outra metade da produção é comercializada pelos hortelões do programa, com renda revertida para a comunidade.

 

IPLAN
Para suportar o trabalho remoto dos órgãos, a IpanRio adotou as seguintes medidas:
– Criação de 1.700 contas de VPN (Virtual Private Network), ferramenta que permite acesso remoto a arquivos e sistemas, com suporte remoto para esclarecimento de dúvidas. Em 8 dias, foram feitos mais de 6.000 acessos.

– Em negociação com fornecedores de tecnologias a IplanRio obteve, gratuitamente, pelo período de 3 meses, 1.500 contas de ferramentas de videoconferência para atender à Prefeitura, bem como licenças gratuitas e temporárias de antivírus domésticos, para uso nos computadores pessoais dos funcionários.

– Para permitir a continuidade do funcionamento do Conselho de Contribuintes, implantou junto à SMF um ambiente de videoconferência para 15 usuários de forma simultânea, garantindo que cidadãos, Prefeitura e sociedade organizada possam manter seu funcionamento,

– Disponibilização de acesso via internet a sistemas corporativos como FINCON, SICOP, ERGON, CITRAN e SIG.Para dar continuidade ao atendimento ao Cidadão:

– Implantação de diversos novos serviços com agendamento online e atendimento por videoconferência.

– Implantação da emissão de DARMs do Patrimônio no Carioca Digital, eliminando a necessidade de deslocamento dos cidadãos.

– Implantação da infraestrutura de comunicação de dados no novo Gabinete de Crise Avançado da Prefeitura no Riocentro.

– Criação de um “robô” para orientar o cidadão quanto à dúvidas sobre o novo coronavírus, que pode ser acessado via http://riocontraocorona.rio.

– Expansão do horário de atendimento remoto aos taxistas, via chat e e-mail, e suspensão do atendimento no Espaço Taxi.Rio, que encontra-se fechado para evitar aglomerações.

 

RESTAURANTES POPULARES
– Os restaurantes populares de Bangu, Bonsucesso e Campo Grande estão abertos de segunda a sexta-feira, das 17h às 20h, também para o jantar. O valor da refeição é R$ 2, o mesmo já cobrado no almoço. A medida ajuda, principalmente, a trabalhadores autônomos, com a renda comprometida por conta do isolamento.

– É importante ressaltar que esse terceiro turno nas três unidades não trará despesa para a Prefeitura, pois será compensada com a diminuição dos frequentadores no horário do almoço.

 

CAMPANHA DE ARRECADAÇÃO
– Realização de campanha de solidariedade para arrecadação de roupas. Poderá ocorrer presencialmente, na Barra da Tijuca, ou pelo endereço Carioca Digital http://carioca.rio

 

RIOTUR
– Os postos de informações turísticas da Riotur estão fechados temporariamente, devido aos protocolos de prevenção das autoridades ao novo coronavírus amplamente divulgados. A medida visa evitar o contato entre os atendentes e o público em função do alto contágio do vírus. Em caso novas mudanças, divulgaremos em nossas redes sociais.

 

FEIRAS LIVRES
– Respeitando a determinação de só manter funcionando os serviços essenciais, para garantir o distanciamento entre as barracas e, também, evitar aglomerações, a Coordenação de Feiras suspendeu as barracas que não vendem frutas, legumes, pescados, aves abatidas. Ficam suspensas, também, as barracas que vendem alimentos preparados na hora, para evitar o consumo no local, como barracas de pastel, por exemplo.

 

SECRETARIA DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA E TECNOLOGIA
Disponibiliza vídeos informativos em libras para pessoas surdas ou com deficiência auditiva que estão com dificuldades para obter informações.

– Buscando manter as medidas de prevenção e garantir a acessibilidade para todos, a Central Carioca de Intérprete de Libras da SMDT não está aberta para atendimento ao público, mas mantém o serviço através do whatsapp (21-98909-1373), possibilitando que os usuários esclareçam dúvidas e agendem atendimentos. O número do whatsapp e os vídeos informativos estarão disponíveis nas redes da secretaria. Essa é uma medida para ajudar às pessoas com deficiência, possibilitando que todos tenham acesso à informação e seus direitos garantidos.

 

RIO-ÁGUAS
– Estão suspensos os atendimentos ao público, presenciais. As solicitações seguem sendo realizadas pelos seguintes e-mails:

Diretoria de Análise e Fiscalização – rioaguas.dan@gmail.com;Diretoria de Obras e Conservação – doc.rioaguas@gmail.com;
Diretoria de Administração e Finanças – daf.rioaguas@gmail.com;
Diretoria de Saneamento – rioaguasdis@gmail.com;
Diretoria de Estudos e Projetos – dep.rioaguas@gmail.com

– No momento, o atendimento do protocolo da Rio-Águas é feito pela diretoria responsável pela demanda.

 

PGM
– Conseguiu a suspensão do pagamento dos precatórios judiciais do Município, enquanto durar a pandemia provocada pela Covid-19. A decisão foi tomada na noite de 25 de março, pelo Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro
(TJRJ). Conforme solicitado pela PGM, o montante destinado ao pagamento desses precatórios, de aproximadamente R$ 130 milhões, será empregado em frentes e ações de saúde pública relacionadas ao combate da pandemia.

– Foi bem sucedida no pedido para que a verba desviada na Operação Lava Jato seja restituída ao Município. Cerca de R$ 9,7 milhões, resgatados pela Lava Jato, vão retornar aos cofres públicos. A devolução do dinheiro foi autorizada
pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal Criminal, no dia 25 de março. Em sua decisão, o juiz destaca que “a atual situação pandêmica do vírus Covid-19, seus graves impactos na saúde pública e efeitos danosos na economia, que
atingem toda a população, em todos os âmbitos – municipal, estadual e federal –  culminando na decretação de calamidade pública, demanda recursos para minorar os efeitos da crise gerada e atender às necessidades mais urgentes da população neste momento”.

– Suspendeu o recebimento de quaisquer modalidades de comunicação judicial ou administrativa (atos ou mandados físicos de citação, intimação, notificação de atos e autos de processos judiciais), que devem ser encaminhadas para o
endereço eletrônico intimacao_pgm@rio.rj.gov.br ou por meio dos telefones (21) 3083-8005 e (21) 3083-8027, no horário de 9h às 16h. É necessária confirmação de recebimento pela autoridade ou delegado em atividade;

– Suspendeu o 39º Exame para Processo Seletivo de Estágio Forense. A medida atende às diretrizes dos protocolos médicos de combate à Covid-19 e prioriza o bem estar geral. A PGM segue empenhada na realização da seleção e manterá os candidatos informados sobre a retomada do processo tão logo isso seja possível.

– Suspendeu atividades presenciais do Centro de Estudos (CES), localizado em sua sede.

– Adiou as provas específicas do 8º Concurso para Procurador, mencionadas em edital publicado no último dia 4 de março. A medida atende às diretrizes dos protocolos médicos de combate à Covid-19 e prioriza o bem estar geral. A PGM segue empenhada na realização da seleção e manterá os candidatos informados sobre a retomada do processo tão logo isso seja possível.

 

CULTURA
– Divulgação neste domingo (05/04) do segundo dia do projeto “Cinema nas Janelas”, uma realização da Prefeitura do Rio de Janeiro por meio da Secretaria Municipal de Cultura e RioFilme em parceria com o Cinemão.

– A estreia do “Cinema nas janelas” foi neste sábado (04/04). Ao todo, onze curtas-metragens, totalizando uma hora e meia de projeção, foram exibidos no estacionamento de um condomínio da zona norte do Rio. O público acompanhou das janelas de suas casas.

– A Secretaria Municipal de Cultura e o Planetário do Rio lançam a exposição virtual “Olhe para o céu 2020”, com o tema “O Céu da sua Janela”. O público é convidado a produzir fotos do céu a partir das janelas de suas casas: céu noturno, céu azul, nuvens, pássaros e etc. A ideia é compartilhar vários olhares para o céu, já que a orientação é estar em casa neste momento em que a pandemia de coronavírus acomete vários países do mundo. As fotos podem ser enviadas até o dia 12 de abril.

– A Secretaria Municipal de Cultura e RioFilme unem forças paras beneficiar profissionais da rede de cinemas e criam projetos audiovisuais durante a quarentena. Só na sexta-feira (03/04) foram distribuídas 50 cestas básicas para os profissionais da Rede CineCarioca, do Méier, Joia e Alemão, que continua fechada seguindo determinação da Prefeitura do Rio.

– Como forma de garantir que o público continue acessando informação e entretenimento de qualidade, foram lançados três projetos online. São eles:
Festival Curta o cinema em casa: fruto de uma parceria com a Lumen Produções, Cavideo Produções e diversos cineastas, o fetival já disponibiliza 26 curtas-metragens premiados na Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis, e outros títulos brasileiros.
RioFilme Podcast: Diariamente uma entrevista é disponibilizada com profissionais da área cinematográfica falando sobre os impactos da pandemia na cadeia produtiva e no cinema nacional. Já foram entrevistados os cineastas Flávio Tambellini e Cid Brandão, o diplomata e cineasta André Costa, e a produtora Suzana Amado.

MultiRioFilme – Rio Contra o Corona 2020:  Festival Audiovisual que busca incentivar e dar visibilidade à produção de alunos e professores da Rede Municipal de Ensino do Rio de Janeiro, reconhecendo o papel do audiovisual no processo de aprendizagem dos estudantes e estimulando a conscientização e o engajamento da comunidade escolar na prevenção e no combate à pandemia do Covid-19. Os vídeos abordam o tema “O Rio Contra o Corona”.
Todo conteúdo pode ser acessado pelo site  www.riofilme.com.br

 

MULTI-RIO
Rio contra o corona:
– Série de vídeos curtos onde a coordenadora técnica de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Patrícia Guttmann, fala sobre o Covid-19 e destaca a importância de buscar informação atualizada – e segura – em fontes oficiais. 9 vídeos – veiculados desde 19 de março

– Todos os vídeos exibidos na programação dos canais 26, 526, além do Portal MultiRio e redes sociais.

Momento saúde:
– Série de vídeos curtos em formato jornalístico que promove abordagens e troca de informações com profissionais da Saúde e de outros especialistas, com alunos, professores e cidadãos que atuem em projetos relativos às ações da Rede de Saúde Pública do Município do Rio de Janeiro.

Animação:

– Animação de cerca de um minuto, voltada ao público infantil, sobre a importância das ações de prevenção.

Material de complementação pedagógica portal e redes:

– Área específica no Portal MultiRio (http://multi.rio/mce) com materiais pedagógicos em diversas mídias categorizados por ano de escolaridade. A área contém produções do Acervo MultiRio e produções especialmente elaboradas pela SME para o período de suspensão das aulas na Rede.

– Área no ar desde o dia 16/03. Novas produções são acrescentadas todos os dias.

– Reforço nas redes sociais dos materiais pedagógicos da MultiRio (cardápio MultiRio)

Audiovisual:

– Desde o dia 27 de março, está sendo veiculado o vídeo tutorial explicando para professor, alunos e pais como utilizar a plataforma MCE.

– Na seção #TáNaRede da área MCE, professores e equipes das Coordenadorias Regionais de Educação da Rede Pública Municipal do Rio, estão compartilhando suas práticas e saberes como apoio à complementação escolar dos alunos e na Seção Reportagens, uma série de reportagens complementam o tema.

Estréia na próxima segunda (06/04), faixa temática na grade de programação dos canais 26 e 526 da NET, com conteúdos específicos por ano de escolaridade e disciplina.

Festival Multirio Filme 2020 – inscrições prorrogadas:

– Elaborado em parceria entre MultiRio, Riofilme, Secretaria Municipal de Cultura, Secretaria Municipal de Educação e CTAV, edição temática do Festival MultiRiofilme sobre o novo coronavírus e seus impactos, foi lançado em 27 de março. Categorias para alunos em diversos segmentos e professores. Inscrições até o dia 12 de abril no site http://multi.rio/multiriofilme.