Com obras concluídas, PGM pede reabertura da Avenida Niemeyer

Publicado em 21/01/2020 - 15:52 | Atualizado em 21/01/2020 - 15:57
Trecho da Avenida Niemeyer, durante vistoria em novembro. Foto: Hudson Pontes / Prefeitura do RioTrecho da Avenida Niemeyer, durante vistoria em novembro. Foto: Hudson Pontes / Prefeitura do Rio

Com as obras emergenciais concluídas na Avenida Niemeyer, a Procuradoria Geral do Município (PGM) do Rio de Janeiro foi à Justiça pedir a reabertura da via. Conforme petição do dia 10 de janeiro deste ano, solicitando à 3ª Vara de Fazenda Pública a suspensão da medida liminar que fechou a avenida em 28 de maio de 2019, estão afastados os riscos de escorregamento das camadas superficiais da encosta – fato comprovado nos últimos dias de chuva, quando a Avenida Niemeyer mostrou-se segura após as intervenções realizadas.

– Tivemos dias de fortes chuvas este ano sem qualquer ocorrência. Isso demonstra a segurança da via e a efetividade das nossas intervenções – assinala o secretário municipal de Infraestrutura, Habitação e Conservação, Sebastião Bruno.

Na petição, a PGM também destacou decisão judicial de 31 de maio de 2019, afirmando que a medida liminar “poderá ser revista diante da comprovação por parte do Município da conclusão das obras de limpeza e recuperação das áreas de escorregamento e prevenção de novos acidentes, de forma que tais áreas deixem de oferecer risco à população”.

De acordo com a Secretaria Municipal de Infraestrutura, Habitação e Conservação (SMIH), o escopo das obras emergenciais feitas pela Prefeitura do Rio na Avenida Niemeyer já foi concluído. Ao todo, a Prefeitura investiu mais de R$ 34 milhões em 56 pontos de intervenções ao longo de toda a vida, até a comunidade do Vidigal.

Foram realizadas, entre outras obras, a colocação de drenos profundos, o restabelecimento do sistema de drenagem, a eliminação de contribuição de esgoto e a instalação de muros de contraforte, telas grampeadas, chumbadores e cortinas atirantadas. Vale lembrar, ainda, que, no último dia 17 de janeiro, a SMIH instaurou Comissão de Monitoramento e Avaliação de Encostas da Avenida Niemeyer, que atuará de forma permanente.

A Avenida Niemeyer liga os bairros de São Conrado e Leblon, na Zona Sul, e faz parte do eixo que vai da Zona Oeste ao Centro da cidade. Antes de seu fechamento, circulavam pela Avenida pelo menos 36 mil veículos por dia.