Largo do Machado terá sistema de fiscalização do trânsito por câmeras da Prefeitura

Publicado em 02/06/2019 - 19:31 | Atualizado em 04/06/2019 - 12:32
  • Início/
  • /
  • Largo do Machado terá sistema de fiscalização do trânsito por câmeras da Prefeitura

A Prefeitura do Rio inicia a partir desta segunda-feira, dia 3 de junho, a fiscalização do trânsito por meio de câmeras em todo o entorno do Largo do Machado, na Zona Sul. Este é o quarto ponto da cidade a contar com o sistema de monitoramento em tempo real que visa coibir o estacionamento irregular, o que compromete a circulação e segurança de pedestres, além de interferir na fluidez do trânsito. O projeto já foi implantado na Autoestrada Lagoa-Barra, nos acessos ao Aeroporto Internacional Tom Jobim e no entorno da Rodoviária Novo Rio.

O sistema, implantado por meio da CET-Rio e da Coordenadoria de Monitoramento da Cidade, vinculada à Secretaria de Ordem Pública (Seop), será operado pela Guarda Municipal em seu Centro de Controle Operacional (CCO), localizado no Centro de Operações Rio (COR), na Cidade Nova. O serviço permite que guardas municipais devidamente capacitados acompanhem o trânsito em tempo real e, observadas eventuais irregularidades cometidas no tráfego, multem os infratores por meio de identificação da placa.

Sinalização e Conscientização – Assim como nos pontos anteriores, antes do início da atividade no Largo do Machado, será instalada pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Rio) sinalização específica, alertando para a videofiscalização. Além disso, será feita no local campanha informativa e de conscientização, com a distribuição de panfletos.

Balanço – O monitoramento começou no dia 29 de abril nos dois sentidos da Autoestrada Engenheiro Fernando MacDowell (Lagoa-Barra), no trecho próximo ao Túnel Zuzu Angel, em São Conrado, e na Avenida General Olímpio Mourão Filho, resultando em 413 veículos infracionados em um mês de operação. Também contam com o serviço os acessos ao Aeroporto Internacional Tom Jobim, na Ilha do Governador (desde setembro de 2018), e o entorno da Rodoviária Novo Rio, em Santo Cristo (desde março deste ano). Ao todo, já foram infracionados nessas três áreas 4.317 veículos por estacionamento em locais proibidos: calçadas, pontos de táxi, faixas de pedestres, entre outros.