Vigilância Sanitária interdita cafeteria e restaurante em ruas do Centro 

Publicado em 21/10/2019 - 15:51 | Atualizado em 22/10/2019 - 08:05
Cozinha de um dos estabelecimentos interditados pela Vigilância Sanitária municipal no Centro. Foto: divulgaçãoCozinha de um dos estabelecimentos interditados pela Vigilância Sanitária municipal no Centro. Foto: divulgação

A Vigilância Sanitária da Prefeitura do Rio de Janeiro interditou, na manhã desta segunda-feira, 21 de outubro, dois comércios de alimentos no Centro. O primeiro foi a cafeteria que funciona na Rua Acre, 120, onde a equipe constatou total falta de higiene na manipulação dos alimentos, condições estruturais precárias, falta de organização do depósito, ausência de uniforme dos manipuladores e ainda falta de certificados de serviços de controle de pragas e vetores e de limpeza das caixas d’água e cisternas. O outro estabelecimento foi o restaurante da Travessa do Ouvidor, 36, também por falta de higiene e de arrumação no depósito, e ainda acúmulo de materiais em desuso e irregularidades na rotulagem e na procedência dos alimentos.

– Apesar de ser um dia de feriado para os comerciários, nossas ações não param. Diariamente atendemos a denúncias do 1746, e hoje não foi diferente. Além da prevenção de riscos à saúde pública, nossas inspeções têm um caráter de orientação técnica, onde os fiscais atuam como agentes educativos e multiplicadores das boas práticas higiênico-sanitárias – diz a médica-veterinária Aline Borges, à frente da Coordenação de Alimentos da Vigilância, responsável pela fiscalização que segue nesta segunda no Centro, priorizando demandas da Central 1746.

  • 21 de outubro de 2019