Rio vacina em abrigos crianças que estão em situação de vulnerabilidade

Publicado em 18/01/2022 - 16:08 | Atualizado
O Comitê liberou o uso de máscara, mas manteve a obrigatoriedade do passaporte vacinal - Arquivo/Prefeitura do Rio

Com o início da vacinação contra a Covid-19 de crianças entre 5 e 11 anos no município do Rio, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS-Rio), em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), começou também a imunização de crianças em situação de vulnerabilidade social. Dez pequenos assistidos no URS Bia Bedran/Espaço Cazuza, em Laranjeiras, no URS Lucinha Araújo, na Tijuca, e no URS Ziraldo, no Méier, foram vacinados também na segunda-feira (17/01), marcando a nova etapa da campanha. A criançada ainda foi presenteada com livros de pintura ou leitura, conforme a idade de cada uma.

A secretária municipal de Assistência Social, Laura Carneiro, reforçou a importância de vacinar crianças residentes de abrigos, assim como de todos os carioquinhas que vivem na cidade. Como o número de crianças abrigadas se altera constantemente, a Secretaria Municipal de Saúde disponibilizou equipes de referência para cada instituição, para que novos abrigados sejam vacinados assim que chegarem.

– A vacinação nas crianças dos abrigos é fundamental, porque vivem em grupos. Contando os abrigos públicos e conveniados, são mais de 500 crianças na cidade do Rio. A vacina é muito importante para todas as crianças, é a forma de prevenção e também, para o caso de uma nova variante, o efeito da doença ser muito menor – disse Laura Carneiro

O secretário Daniel Soranz destacou que todos os esforços estão sendo feitos para vacinar as crianças da cidade:

– O momento de proteger as crianças era esperado por todos nós e os profissionais foram treinados para atender a esse novo público. Principalmente nesse momento de alta disseminação da ômicron, é fundamental que possamos imunizar o maior número de pessoas possível.

Os detalhes da vacinação das crianças, incluindo a lista dos pontos de vacinação, podem ser acessados em https://coronavirus.rio/vacina.

  • 18 de janeiro de 2022