Prefeitura entrega tomógrafo e mais 142 novos equipamentos para atendimento da população no Hospital Miguel Couto e no CER Leblon

Publicado em 23/06/2020 - 12:32 | Atualizado em 23/06/2020 - 12:54
Equipamentos para o Hospital Miguel Couto. Fotos Marco Antonio Rezende/ Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, entregou nesta terça-feira, 23/06, 143 novos equipamentos ao Hospital Miguel Couto e ao Centro de Emergência Regional (CER) do Leblon, na Zona Sul. A iniciativa é mais uma no processo de modernização do parque tecnológico da rede de saúde municipal, que já beneficiou a população que recebe atendimento em seis unidades. Entre os aparelhos que chegam, com investimento de R$ 10 milhões, estão um tomógrafo de 128 canais – o mais avançado que existe e de importância fundamental para o diagnóstico e o tratamento da covid-19 –, um raio-x digital, 34 respiradores e 54 monitores, além de carrinhos de anestesia, aparelhos de ultrassonografia, eletrocardiógrafos, desfibriladores e focos cirúrgicos de LED. Crivella está equipando as unidades de saúde do município com o que há de melhor em tecnologia hospitalar no mundo, para oferecer tratamento ainda mais eficiente a quem precisa.

– Há muito tempo o Miguel Couto não via tanto equipamento novo. A cidade do Rio está se destacando no enfrentamento da covid-19. Aqui foi construído o hospital de campanha que funcionou primeiro, e que continua salvando vidas. O povo olha para nossos médicos com admiração e respeito, porque são verdadeiros heróis da nossa sociedade. E nossa atuação não se limita só aqui ao Rio, estamos ajudando a abrir 180 leitos de UTI pelo estado todo, com a cessão de aparelhos para outros municípios – declarou Crivella.

Veja a lista dos equipamentos entregues ao Miguel Couto e ao CER

O Hospital Miguel Couto recebeu 67 aparelhos:

– 01 tomógrafo de 128 canais;

-10 respiradores;

-10 monitores;

-01 aparelho de raio-x digital;

-21 aparelhos de eletrocardiograma;

-03 aparelhos de ultrassonografia;

-02 aparelhos de anestesia;

-09 focos de led de teto;

-10 focos de LED auxiliares.

Outros 76 foram destinados ao CER Leblon:

– 44 monitores;

– 24 respiradores;

– 04 aparelhos de ECG;

– 02 desfibriladores;

– 02 focos de led auxiliar.

Outras 5 unidades da rede municipal de saúde já receberam novos equipamentos

Somente no mês de junho, já são seis complexos de urgência e emergência da rede municipal reequipados pela Prefeitura do Rio. Ao todo, 395 equipamentos de ponta foram entregues. Na segunda-feira (22/06), o Salgado Filho recebeu 45 equipamentos; em 18/06, foram 82 para o Rocha Faria; em 16/06, 79 para o Pedro II; e em 13/06, 46 para o conjunto Lourenço Jorge/CER Barra. Dessas unidades, o Miguel Couto, o Salgado Filho e o Pedro II receberam o segundo tomógrafo comprado pela atual gestão.

Investimento antes do coronavírus

Nos últimos três anos, foi feito um investimento total de R$ 370 milhões para renovação do parque tecnológico das unidades de saúde da rede de saúde do município. Foram comprados mais de 18 mil itens, entre eles 27 tomógrafos. Além dos tomógrafos, a Prefeitura do Rio adquiriu 162 aparelhos de raio-X e 726 respiradores (505 já chegaram), entre outros equipamentos que estão sendo entregues às unidades.

Agradecimento em nome do povo

A secretária municipal de Saúde, Beatriz Busch, citou a competência dos médicos que atuam na rede de hospitais e acrescentou que equipamentos modernos reforçam ainda mais essa excelência:

– Temos uma força-tarefa de eficiência e qualidade, que são os nossos médicos, e que precisa de equipamentos, principalmente no combate a uma doença grave como a covid-19. Esses novos equipamentos, junto com os 27 tomógrafos que a Prefeitura adquiriu antes da pandemia, são responsáveis por essa potência de cura que se espalhou pela cidade e que alcança também outros municípios – afirmou.

O diretor do Miguel Couto, Cristiano Chame, agradeceu o investimento da Prefeitura na unidade, em nome de toda a equipe e das pessoas que recebem atendimento ali:

– Nunca antes nesse hospital a gente renovou o parque tecnológico dessa forma. É um momento único para todos nós. Muito obrigado, em nome da nossa equipe e da população do Rio de Janeiro – disse.

Miguel Couto é referência em trauma

O Hospital Municipal Miguel Couto é referência em trauma e um dos mais movimentados da cidade. Com 319 leitos de internação, conta com serviço de ortopedia, cirurgia geral, neurocirurgia, cirurgia vascular, oftalmologia e emergência obstétrica, entre outros.  A unidade tem a média mensal de 950 internações, mais de 200 partos e 550 cirurgias. São realizadas 5.500 consultas de emergência, 2.700 consultas ambulatoriais e 750 na emergência obstétrica por mês. Na unidade são feitos 44.000 exames laboratoriais, 6.500 raios-x e 2.800 tomografias por mês.

CER Leblon: referência em urgência / emergência clínica

O Centro de Emergência Regional (CER) do Leblon é referência em emergência clínica adulto, pediátrica e psiquiátrica. A unidade conta com 59 leitos de internação/observação, sendo 35 de terapia intensiva, 12 de observação na emergência adulta (salas Vermelha e Amarela), seis na emergência pediátrica e dois de psiquiatria, com uma média de 3 mil atendimentos ao mês e 300 internações. Por mês, são realizados entre 15 mil e 20 mil exames laboratoriais, 350 radiografias e 300 eletrocardiogramas.

O CER Leblon conta com uma equipe multiprofissinal de médicos clínicos, intensivistas, nefrologistas, psiquiatras, infectologistas, enfermeiros e técnicos de enfermagem,  fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos e fonoaudiólogos. Ainda na unidade fica o primeiro aparelho de ressonância magnética da rede própria do município, adquirido na gestão do prefeito Marcelo Crivella.