Município dá início a uma nova etapa de vacinação para o público em geral

Publicado em 31/05/2021 - 12:34 | Atualizado em 31/05/2021 - 13:03
A servidora federal Rita Martins se vacinou na clínica da família no Rio Comprido - Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

A Prefeitura deu início, nesta segunda-feira (31/05),  a uma nova etapa de vacinação contra a Covid-19, que foi reaberta para a população em geral. Podem se vacinar mulheres com 59 anos. No sábado passado (29/05), a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) concluiu a imunização contra o coronavírus dos grupos prioritários.

A servidora pública federal Rita Martins, de 59 anos, foi uma das primeiras pessoas a serem vacinadas na Clínica da Família Estácio de Sá, no Rio Comprido, Zona Norte da cidade. Ela conta que estava numa expectativa muito grande porque o calendário da população em geral foi interrompido exatamente aos 60 anos, para que fossem imunizados os grupos prioritários.

 

– Eu já tive contato com várias pessoas da minha família que tiveram Covid, casos graves, inclusive meu filho mais novo, que chegou a ficar internado no CTI. Então, essa vacina é uma grande esperança de a vida voltar à normalidade. Para mim, está sendo uma libertação, claro que mantendo todos os cuidados, mas ainda assim é um alívio – disse a servidora, que já conta as horas para tomar a segunda dose.

 

Antonia da Silva também foi à clínica da família logo cedo para se imunizar. Ela estava preocupada porque acabou de conseguir um novo emprego e não queria andar na rua sem tomar, pelo menos, a primeira dose da vacina contra a Covid-19.

 

–   Via todo mundo se vacinando e esperava chegar a minha vez também. Por isso, a ansiedade era bem grande. A vacina representa saúde, agora vou poder sair na rua sabendo que estou um pouco protegida.

 

Soranz pede para que as pessoas procurem se vacinar pela manhã – Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

 

O secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz,  acompanhou a vacinação no Rio Comprido. ele informou que o Ministério da Saúde já garantiu o envio de novas remessas de vacinas para os próximos dois meses, para que possa dar prosseguimento ao calendário sem interrupções. E fez um apelo à população:

 

– É muito importante que as pessoas deem preferência para se vacinar no período da tarde, porque é mais vazio. Hoje a gente começa a vacinação por idade, já encerramos aqueles que têm comorbidades e de pessoas com deficiência, mas elas ainda podem se vacinar na repescagem de todo sábado.

 

O calendário da nova fase de vacinação segue escalonamento etário, começando com pessoas de 59 anos e reduzindo gradativamente da idade nos dias subsequentes. A previsão é que, em cinco meses, se alcance toda a população adulta carioca. Até 23 de outubro, a meta é que 90% de quem tiver 18 anos ou mais esteja vacinado contra a Covid-19, representando 4,7 milhões de pessoas, ou ainda 75% da população total. Para mais informações sobre o calendário e pontos de vacinação, consulte o site coronavírus.rio/vacina.

Na primeira etapa da vacinação, mais de 3,1 milhões de doses contra Covid-19 foram aplicadas e 2,1 milhões de pessoas receberam a primeira dose, representando 40% do público alvo de toda a campanha. Com isso, o município do Rio desponta como a segunda cidade que mais vacinou em todo o país.

 

 

Veja mais detalhes no link abaixo:

Município amplia vacinação contra a Covid-19 para o público em geral na próxima semana

  • 31 de maio de 2021