‘Sementes do Bem’ dá nova perspectiva a menores que cumprem medidas socioeducativas

Publicado em 04/09/2019 - 10:13 | Atualizado em 05/09/2019 - 08:36
  • Início/
  • /
  • ‘Sementes do Bem’ dá nova perspectiva a menores que cumprem medidas socioeducativas
No final do lançamento do Sementes do Bem, apresentação de rap. Foto: Mariana Ramos / Prefeitura do RioNo final do lançamento do Sementes do Bem, apresentação de rap. Foto: Mariana Ramos / Prefeitura do Rio

Nesta quarta-feira, 4 de setembro, novas sementes foram plantadas no Campo de Santana – as Sementes do Bem. Este é o nome do programa lançado pela Prefeitura do Rio de Janeiro para dar uma nova perspectiva a adolescentes que cumprem medidas socioeducativas. Sete deles, entre 14 e 17 anos de idade, vão aprender e trabalhar com jardinagem, paisagismo, trato de animais e educação cultural e patrimonial, num período de 6 a 8 horas por semana. As aulas serão ministradas por técnicos da Fundação Parques e Jardins e da Fundação Rio Zoo. Depois de seis meses, os garotos receberão um certificado.

A iniciativa reúne Fundação Parques e Jardins (subordinada à Secretaria Municipal do Envelhecimento Saudável, Qualidade de Vida e Eventos), Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Fundação Rio Zoo e Centro de Referência Especializado da Assistência Social Simone de Beauvoir. O acordo de cooperação foi assinado no auditório da Fundação Parques e Jardins, no Centro.

– Fui criado na Praça Seca, um lugar onde muitos jovens se perderam para a droga, morreram ou foram presos. Mas alguém me deu uma oportunidade, por isso estou aqui. E é o que nós estamos fazendo agora. Esses jovens são privilegiados – disse Felipe Michel, secretário de Envelhecimento Saudável, Qualidade de Vida e Eventos.

O secretário de Assistência Social e Direitos Humanos, João Mendes de Jesus, destacou o trabalho de integração entre os órgãos:

– É uma alegria formar essa parceria e dar atenção a esses jovens, que precisam de um olhar diferenciado.

O presidente da Fundação Parques e Jardins, Fernando Gonzalez, adiantou que pretende ampliar o projeto:

– Vamos trazer outros parceiros, como o Sebrae, para que os jovens tenham um futuro promissor.

A solenidade terminou com a apresentação do cantor de Rap Drew, do Coletivo Rapper Blapa, junto com o jovem Ruberson. Eles compuseram uma música com o tema sustentabilidade e meio ambiente. No final, Ruberson falou do que espera de sua nova etapa de vida:

– Isso é uma coisa muito importante na minha vida, e pretendo ser paisagista. Agradeço a ajuda de vocês – disse.

Sementes do Bem. Foto: Mariana Ramos / Prefeitura do Rio
Sementes do Bem. Foto: Mariana Ramos / Prefeitura do Rio