Alunos de escolas municipais se divertem com musical em homenagem a Carequinha

Publicado em 17/04/2019 - 17:06 | Atualizado em 18/04/2019 - 19:19
A pequena Tuane se emocionou com o musical sobre CarequinhaA pequena Tuane se emocionou com o musical sobre Carequinha - Carlos ERBs Jr/Prefeitura do Rio

A pequena Tuane Ferreira, de 8 anos, não conteve a emoção de ir pela primeira vez ao teatro. Estudante do 2º ano da Escola Municipal Tagore, na Abolição, Tuane estava no grupo de 160 alunos da Rede Municipal de Ensino que assistiu nesta quarta-feira, dia 17/4, ao musical infantil “Tá certo ou não tá!”, no Teatro Carlos Gomes, Centro do Rio. A peça é uma homenagem à trajetória de George Savalla Gomes, popularmente conhecido como Palhaço Carequinha. O artista foi um dos palhaços mais importantes do mundo do circo ao longo de décadas passadas, ganhou espaço no imaginário popular após cruzar fronteiras e fazer sorrir, indistintamente, crianças e adultos.

– Foi muito legal porque eu nunca vi uma peça e não conhecia o Carequinha. Eu não sabia que aqui era tão lindo e que era tão legal vir ao teatro. Ele falou pra gente estudar e não responder papai e mamãe – lembrou Tuane.

Lúdico, irreverente e com lições de respeito, o espetáculo mescla arte circense, música e teatro, constituindo uma bela homenagem da Secretaria Municipal de Educação a um dos maiores artistas brasileiros, no gênero, pelos seus 104 anos de nascimento, que seriam completados em julho próximo. O texto e direção são de Thiago Picchi e o elenco conta com Diogo Picchi, Gustavo Guimarães e Luciana Palhares.

A primeira-dama Sylvia Jane prestigiou o musical – Carlos ERBs Jr/Prefeitura do Rio

– O palhaço Carequinha resgata a beleza da infância e a pureza que nós estamos perdendo. Ele é da minha época e sei como esse personagem influenciou a minha vida. Esse projeto tem marcado também a vida dessas crianças das escolas públicas municipais – disse a primeira-dama do município, Sylvia Jane.

Idealizadora da iniciativa e supervisora do musical, a atriz Elizabeth Savala revelou que a primeira peça de teatro que assistiu foi durante o período escolar, quando criança. Ex-aluna da rede pública, a artista deseja que os ensinamentos do Palhaço Carequinha entrem na cabeça da garotada.

– Esse é um projeto da minha vida e uma das ações mais bonitas da minha carreira, que é levar teatro às crianças da rede pública. Foi estudando em escola pública que eu tive contato com o teatro pela primeira vez e foi lá que resolvi ser atriz. Estamos resgatando o circo na cultura desses pequenos durante a melhor fase das suas vidas para que eles construam suas memórias afetivas logo na infância – destaca a atriz, que também pode ser vista atuando na novela “O sétimo guardião”, da TV Globo.

O musical está percorrendo 23 escolas municipais da cidade, levando arte para sete mil alunos. Também assistiram ao musical os alunos das escolas Senegal, no Riachuelo; Professor Afonso Várzea, no Complexo do Alemão; e José Eduardo Macedo Soares, no Méier.

Carequinha já recebeu prêmio de Melhor Palhaço do Mundo

O musical sobre Carequinha foi apresentado para alunos da rede municipal – Carlos ERBs Jr/Prefeitura do Rio

Carequinha nasceu, literalmente, dentro de um picadeiro. Nunca parou de se apresentar em circos, grandes e pequenos, pelo Brasil afora e em alguns países do exterior, em programas de rádio e televisão. Foi o palhaço pioneiro da TV, o primeiro a ter um programa só seu, sucesso de audiência por mais de uma década.

Carequinha é um dos poucos artistas circenses ainda presentes na memória afetiva popular, tendo atravessado várias gerações. Em 1964, recebeu, na Itália, o prêmio de Melhor Palhaço Moderno do Mundo. E ainda gravou 26 discos e participou de 10 filmes. O artista faleceu em 5 de abril de 2006, aos 90 anos.