Veja ações da Prefeitura no 5° dia seguido de auxílio aos moradores da Muzema

Publicado em 16/04/2019 - 12:23 | Atualizado
Funcionários da Prefeitura trabalham na retirada da lama na MuzemaFuncionários da Prefeitura trabalham na retirada da lama na Muzema. Foto: Marcelo Piu/Prefeitura do Rio

Pelo quinto dia consecutivo, a Prefeitura do Rio manteve as ações dos órgãos municipais no auxílio aos moradores da Muzema, na Zona Oeste, onde na sexta-feira (12/04) dois prédios construídos irregularmente desabaram. Segue o balanço da manhã desta terça-feira (16/04) dos órgãos.

SAÚDE – A Secretaria Municipal de Saúde mantém base avançada de apoio montada em um imóvel próximo ao local do desabamento, com 10 profissionais. Eles estão dando o primeiro atendimento aos parentes dos desaparecidos que acompanham o resgate, e também aos bombeiros que precisem de assistência durante os trabalhos. Além de distúrbios causados pelo estresse emocional, muitas pessoas têm precisado de atendimento por conta de episódios de pressão alta.

Situação dos pacientes que ainda estão nos hospitais municipais:

Hospital Municipal Lourenço Jorge

– A.R, mulher, 35 anos, permanece grave no CTI

Hospital Municipal Miguel Couto

– P.P.L, mulher, 44 anos, permanece internada no CTI com quadro estável, porém delicado

– R.P.L, menino, 4 anos, permanece internado com quadro estável, porém delicado

SECONSERVA –  Equipes da Seconserva seguem atuando no entorno do local do acidente, na Estrada de Jacarepaguá. Desde sexta-feira, já foram aplicadas 250 toneladas de aterro na via, numa solução para aumentar o nível da rua no trecho considerado o de cota mais baixa e mais suscetível a inundações. Hoje (16/04) foi iniciada a pavimentação para refazer toda a pista atingida pelas chuvas, consumindo 100 toneladas de asfalto até o término dos serviços, previsto para o fim dessa semana.

A equipe de Coordenação de Operações Especiais (COE) aguarda a liberação do Corpo de Bombeiros na Muzema para que possa começar a retirar os escombros e executar as demolições recomendadas pela Prefeitura do Rio. Neste momento são duas retroescavadeiras e dois tratores à disposição para que os serviços sejam iniciados de forma imediata.

A Fundação Rio-Águas também enviou equipamentos para auxiliar na remoção dos escombros: uma retroescavadeira, um caminhão basculante e uma escavadeira hidráulica estão à disposição desde o dia 12/04.

Sobre as vítimas da Muzema:

A Coordenadoria Geral de Cemitérios e Serviços Funerários, subordinada à Secretaria de Conservação, informa que sempre presta serviços cemiteriais funerários às famílias que perdem os entes em catástrofes na cidade do Rio, buscando garantir tratamento digno e oferecer acolhimento neste momento de dor. Todos os custos são cobertos pelo município, em parceira com as Concessionárias, Cemitérios Particulares e Funerárias Permissionárias.  Também disponibiliza capela e cerimônia, se assim a família da vítima desejar. Em 2018, foram emitidas quase 2.378 gratuidades de sepultamentos pela Coordenadoria, através de parceria com a Defensoria do Estado, mediante comprovação de hipossuficiência.

O Corpo de Bombeiro encontrou os corpos de mais três vítimas que foram encaminhadas ao IML para reconhecimento. Tão logo a Coordenadoria tenha contato com a família o atendimento funerário será prestado e os sepultamentos agendados.

 

Falecido: Cláudio José de Oliveira Rodrigues

Sepultado no dia 14/04 no Cemitério do Pechincha às 16h30.

Falecido: Hilton Guilherme Sodré Souza

Falecido: Maria de Nazaré da Sodré

Falecido: Hilton Berto Rodrigues Souza

Ações CGCS: foi feito contato com família para identificação dos corpos.

Foi oferecido pela Concessionária RIO PAX a execução dos serviços funerários e o translado dos corpos, incluindo a passagem de um parente, para o Maranhão.

Raimundo Nonato do Nascimento

Corpo ainda no IML.

Pedro Lucas Paes Leme Barroso

Corpo ainda no IML.

Zenilda Bispo Amorim

Sepultamento ocorrido ontem, dia15/04, no Cemitério São Francisco Xavier às 16h30.

Ruan Amorim Rodrigues

Sepultamento ocorrido ontem, 15/04 no Cemitério de São Francisco Xavier às 16h30.

Maria de Abreu Athayde de Almeida

Sepultamento ocorrido ontem, dia 15/04 no Cemitério de São Francisco Xavier às 16h30.

Antônia Deivilo Gomes Sampaio

Corpo ainda no IML.

Vítima ainda não identificada (menor).

Corpo ainda no IML.

COMLURB – A Comlurb prossegue, nesta terça-feira, com o serviço de limpeza em toda a região do Itanhangá, atingida pelo fortíssimo temporal do ultimo dia 8. A Companhia atua com  40 garis, com apoio de dez caminhões basculantes, e duas pás carregadeiras, nas comunidades Muzema, Rio das Pedras, Tijuquinha, Areal e Areinha. Na Tijuquinha o trabalho agora se resume à raspagem de terra e lama. Nas demais, além da raspagem ainda está sendo feita a remoção de grande quantidade de bens que se tornaram inservíveis por terem sido perdidos com as enchentes. As equipes já removeram 2.350 toneladas de resíduos em toda a região do Itanhangá desde o início das chuvas.

GUARDA MUNICIPAL –  A Guarda Municipal do Rio atua nesta terça-feira com 42 AGENTES nas ações de isolamento da área onde ocorreu o desabamento na Muzema e no controle de trânsito na Estrada de Jacarepaguá e vias de acesso ao local junto com a CET-Rio. As equipes prestam apoio aos moradores e ao trabalho de resgate realizado pelo Corpo de Bombeiros e por técnicos da Geo-Rio e da Defesa Civil Municipal, controlando o acesso para priorizar a circulação dos veículos de serviço e socorro.

ASSISTÊNCIA SOCIAL – Foram atendidas 60 famílias com 38 desalojadas e 14 desabrigadas. Não teve acolhimento institucional, pois as famílias desabrigadas estão em casas de parentes e amigos.

As equipes da SMASDH continuam atuando com assistentes sociais, psicólogos e profissionais de apoio em esquema de plantão 24 horas devido a maior gravidade dos problemas no local. A equipe que está no IML dá assistência às famílias das vítimas fatais.

DEFESA CIVIL – A Subsecretaria de Proteção e Defesa Civil, vinculada à Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), informa que continua atuando com técnicos e engenheiros no atendimento às emergências na região da Muzema. Os esforços da equipe, neste momento, são de auxílio ao trabalho do Corpo de Bombeiros na localização de possíveis vítimas. Ao todo, 13 interdições emergenciais foram realizadas no local.