Secretaria de Ordem Pública interrompe quatro eventos irregulares no fim de semana

Publicado em 21/06/2021 - 13:24 | Atualizado
Operação em Ilha de Guaratiba - Divulgação/Prefeitura

A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) fechou neste fim de semana quatro eventos clandestinos em ações realizadas para verificar o cumprimento das medidas de proteção à vida na cidade. Ao todo, foram três festas interrompidas no domingo (Barra da Tijuca, Vargem Pequena e Guaratiba) e uma no sábado (Barra da Tijuca).

Na tarde de domingo, dia 20, um evento irregular com cerca de 200 pessoas foi interrompido na Estrada dos Bandeirantes, em Vargem Pequena. O responsável foi multado e o público retirado do local pela Guarda Municipal. No início da noite, as equipes de fiscalização interditaram outras duas festas irregulares. Na Ilha do Ipê, Barra da Tijuca, cerca de 150 pessoas estavam em um evento que foi interrompido pelos agentes, que permaneceram até a saída total do público. O local foi interditado e o responsável multado por violar as medidas de restrição.

Na Estrada da Ilha, em Guaratiba, outro evento com aglomeração foi interrompido. Cerca de 150 pessoas estavam no local, que tinha pista de dança, e a maioria não usava máscara de proteção facial. O estabelecimento foi multado e interditado pela Vigilância Sanitária. A fiscalização também multou um estabelecimento no Jockey Club por falta de distanciamento adequado e por consumo de bebidas em pé. No sábado, dia 19, uma festa irregular foi interrompida após denúncia de aglomeração na Ilha da Gigóia, na Barra da Tijuca. Cerca de 300 pessoas estavam no estabelecimento que foi interditado e multado pela Vigilância Sanitária.

Entre a noite de sexta, dia 18, e a madrugada desta segunda-feira, dia 21, foram registradas 148 infrações sanitárias (incluindo multas aplicadas a pessoas flagradas sem máscara de proteção facial e a bares e estabelecimentos por descumprimento das regras contidas em decreto municipal).

A Secretaria de Ordem Pública segue nas ruas atuando para verificar o cumprimento das medidas de proteção à vida. Elas são realizadas por equipes destacadas da Guarda Municipal, com foco nos atendimentos registrados na Central 1746 e nos locais com incidência de aglomeração; e também por meio dos comboios de fiscalização que reúnem agentes da Seop, Guarda Municipal, Vigilância Sanitária e apoio da Polícia Militar, que realizam rondas em pontos com foco na verificação do cumprimento das medidas contidas no decreto.

  • 21 de junho de 2021