Prefeitura desmonta lava a jatos clandestinos em Vila Isabel e Campinho, na Zona Norte

Publicado em 10/07/2020 - 16:46 | Atualizado
Agentes da Prefeitura desmonam lava a jato clandestino. Foto: Divulgação Seop/Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), desmontou dois lava a jatos irregulares em Campinho e Vila Isabel, na Zona Norte, nesta sexta-feira, 10/07. Com a participação de diversos órgãos municipais e a Cedae, a ação conjunta desfez duas ligações clandestinas de água e recolheu 800 quilos de resíduos sólidos que obstruíam calçadas e parte de vias. Em um dos locais, havia até vaso sanitário e banheiro químico.

Em Vila Isabel, a atividade irregular funcionava na esquina das ruas Luís Barbosa e Senador Nabuco. Cadeiras, caixotes de madeira, cones, mangueira, baldes e outros recipientes para armazenamento de água foram retirados do local. Já em Campinho, uma estrutura de ferro ocupava a calçada e metade da Rua Bauru, onde foram encontradas lonas, churrasqueira, vaso sanitário e banheiro químico. Tudo foi recolhido. Ninguém foi preso.

Coordenada pela Subsecretaria de Operações (Subop) da Seop, a operação foi deflagrada após denúncias e contou com agentes da Guarda Municipal, Coordenadoria de Controle Urbano (CCU), ligada à Secretaria Municipal de Fazenda, Comlurb e Cedae.