Coronavírus: Seop coordena ações para fechar comércios não essenciais e evitar aglomerações em toda cidade

Publicado em 01/04/2020 - 12:37 | Atualizado em 01/04/2020 - 15:05

Nesta quarta-feira, Disk Aglomeração já recebeu 133 ocorrênciasCampo Grande, na Zona Oeste, segue na liderança dos chamados

A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) prossegue nesta quarta-feira, dia 1º, com as ações para fiscalizar o fechamento obrigatório de comércios não essenciais – conforme definição do decreto municipal para conter o avanço da Covid-19 –, em atendimento aos chamados do Disk Aglomeração que chegam pela Central 1746. Na fiscalização do comércio, que já percorreu mais de 1.200 estabelecimentos, equipes atuam, hoje, na Barra da Tijuca, Recreio dos BandeirantesBonsucesso, Catete e Centro, cobrindo todas as regiões da cidade.

Já o Disk Aglomeração registrou nesta quarta, até o momento, 133 chamados em 58 bairros. Os mais demandados são: Campo Grande (9), Barra da Tijuca (8), Realengo (8), Centro (7), Santa Cruz (6), Copacabana (5), Madureira (5), Tijuca (5), Flamengo (4), Praça Seca (4) e Recreio dos Bandeirantes (4).

Na terça-feira, 31, primeiro dia de atendimento do serviço, foram 232 chamados. Campo Grande, na Zona Oeste, também foi o bairro mais demandado, com 57 solicitações.

Ocorrências e efetivo

Os chamados são, principalmente, para aglomerações em estabelecimentos comerciais, praças ou áreas de lazer e filas. O atendimento é feito por cerca de 30 guardas municipais, divididos em cinco equipes. As informações que chegam pelo 1746 são filtradas na base operacional do Riocentro por prioridade e por região para otimizar as ações, que seguem em caráter educativo, sem multas.

Distância e placas

As ações visam fiscalizar reuniões (sem aparente justificativa) de dez pessoas ou mais sem a observância de um metro e meio de distância entre elas. Este e outros detalhes do serviço constam do Decreto 47.328, publicado no Diário Oficial do município da última segunda-feira, 30. De acordo com o texto, os estabelecimentos essenciais em funcionamento deverão instalar informativos (placas ou cópias em papel) destacando o Disque 1746 em pontos de fácil visibilidade. Os proprietários têm prazo de cinco dias úteis (até a próxima sexta-feira, 3 de abril) para afixar os avisos.

Fiscalização diária do comércio

Formadas por agentes da Subsecretaria de Operações (Subop) da Seop, Guarda Municipal e Secretaria Municipal de Fazenda, além do Programa Rio+Seguro (Copacabana e Leme), as equipes fiscalizaram, até esta terça (31), 1.223 estabelecimentos, fechando 808, em um total de 28 ações.

A suspensão do comércio é por tempo indeterminado. Entre as exceções estão supermercados e hortifrútis; padarias (sem consumo no local); pet shops; lojas de materiais de construção; e postos de combustíveis. Mais informações no link: https://bit.ly/2UkFehX.

Coronavírus: Seop inicia atendimento do “Disk Aglomeração”