Coronavírus: Disk Aglomeração ultrapassa 3,5 mil atendimentos

Publicado em 28/04/2020 - 18:41 | Atualizado
Bairros da Zona Oeste seguem entre os mais demandados pelo serviço de dispersão de pessoas para combater a Covid-19. Foto: Divulgação/SEOP

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Ordem Pública, registrou 3,5 mil atendimentos a chamados do Disk Aglomeração. Os dez bairros mais demandados são: Campo Grande, Bangu, Realengo, Santa Cruz, Taquara, Centro, Barra da Tijuca, Copacabana, Tijuca e Recreio dos Bandeirantes

Os principais chamados são para dispersar grupos de pessoas em estabelecimentos essenciais e áreas públicas. Lançado no dia 31 de março, o serviço registrou, até esta segunda-feira (27/04), exatamente 3.536 ocorrências atendidas.

O Disk Aglomeração funciona com base em chamados feitos à Central 1746 (telefone, site ou aplicativo), além de sinais de celulares, por meio de parceria com a operadora de telefonia TIM e o Centro de Operações (COR). Para mais informações sobre o funcionamento, acesse: https://bit.ly/2JX4CUV.

Força-tarefa de fiscalização do comércio percorre Madureira e Vila Valqueire, nesta terça (28/04)

Em outra frente também coordenada pela Seop, a força-tarefa de fiscalização do comércio – tendo como base o decreto do prefeito Marcello Crivella que estabelece medidas de enfrentamento à pandemia – atua, nesta terça-feira, dia 28, em Madureira, na Zona Norte, e em Vila Valqueire, na Zona Oeste. Com a participação de diversos órgãos municipais, as fiscalizações diárias, iniciadas em 18 de março, já resultaram no fechamento de 3.926 estabelecimentos dos 6.224 visitados em 100 ações conjuntas em toda cidade.

Além de orientarem lojistas e ambulantes a encerrarem as suas atividades, os agentes municipais verificam se os estabelecimentos essenciais (aqueles autorizados a funcionar pelo decreto) estão adotando medidas sanitárias adequadas e cuidados para evitar a aglomeração de pessoas.

Órgãos

A força-tarefa conta com efetivos da Subsecretaria de Operações (Subop) da Seop; Guarda Municipal; Subsecretaria de Licenciamento, Fiscalização e Controle Urbano, vinculada à Secretaria Municipal de Fazenda; Subsecretaria de Vigilância Sanitária, que integra a Secretaria Municipal de Saúde; e Comlurb.

A suspensão do comércio é por tempo indeterminado. Entre as exceções estão supermercados e hortifrútis, padarias (sem consumo no local) e pet shops com horários especiais de funcionamento. A lista completa pode ser verificada no link: https://bit.ly/2V605pN.