Secretaria da Juventude entrega o 1º Prêmio Edson Luís a nove jovens da cidade do Rio de Janeiro

Publicado em 24/09/2021 - 12:34 | Atualizado em 24/09/2021 - 12:36
Praças de comunidades onde os homenageados cresceram serão revitalizadas - Bernardo Cordeiro/Prefeitura

A Secretaria Especial da Juventude Carioca (JUVRio) realizou a cerimônia de entrega do troféu do primeiro Prêmio Edson Luís na noite da última quinta-feira, 23/9. Foram premiados Rene Silva por Inovação Social, Big Jaum por Cultura, Ed Cura por Mídia e Ativismo, Lucas Lima por Ciência e Tecnologia, Rubinho Pires por Empreendedorismo, Amanda Botelho por Comunicação, Gabi Pessanha por Esporte, Elisângela Almeida por Sustentabilidade e Thiago Peniche por Educação.

Durante o evento, também foi apresentado pelo secretário da juventude, Salvino Oliveira, o projeto da JUVRio de revitalização de praças das comunidades onde os premiados cresceram, uma ação conjunta com a Secretaria Municipal de Conservação, Fundação Parques e Jardins, Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb), Companhia Municipal de Energia e Iluminação (Rioluz), o grafiteiro Rafael Araújo dos Santos Barbosa e o Instituto Inclusartiz.

O cronograma de revitalização de praças será executado entre meses de outubro a dezembro, beneficiando espaços do Morro da Providência, Olaria, Favela do Muquiço, Morro do Fallet, Morro do Alemão, Morro do Adeus, Morro da Formiga, Freguesia e Cidade de Deus.

— As praças também lembrarão os homenageados do prêmio. Vamos oferecer melhorias como iluminação, mudas e uma intervenção artística. A criação do Prêmio Edson Luís é um movimento histórico da Prefeitura do Rio de Janeiro em reconhecer toda potência da juventude carioca. Esses são jovens que têm lutado dia e noite para transformar onde vivemos em um lugar melhor e merecem ser celebrados — disse o secretário da juventude, Salvino Oliveira, que entregou o prêmio a cada homenageado ao lado do secretário municipal de Educação, Renan Ferreirinha.

 

Secretário Salvino: “A criação do Prêmio Edson Luís é um movimento histórico” – Bernardo Cordeiro/Prefeitura

 

Quem foi Edson Luís

Edson Luís de Lima Souto foi um estudante secundarista morto pela Ditadura Militar em 1968, no Rio de Janeiro, por protestar pelo aumento dos preços no Calabouço, restaurante que oferecia comida a baixo custo para estudantes. A sua morte gerou manifestações em vários cantos do Brasil. Sua luta marcou gerações e seu nome agora virou homenagem para outros cariocas que também merecem entrar para a história.