Saiba tudo sobre a vacinação da população mais idosa que começa na segunda-feira

Publicado em 29/01/2021 - 12:33 | Atualizado em 29/01/2021 - 21:15
  • Início/
  • /
  • Saiba tudo sobre a vacinação da população mais idosa que começa na segunda-feira
Imunização para grávidas e puérperas com comorbidades - Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

O município do Rio inicia na próxima segunda-feira (01/02) uma nova etapa de vacinação contra a Covid-19. Dessa vez, serão imunizadas as pessoas mais idosas, começando com aquelas que têm 99 anos ou mais. A meta da Prefeitura é vacinar, até o fim de fevereiro, todo o grupo da faixa etária a partir dos 80 anos.

Durante a semana, a vacinação será por data, de acordo com a idade. Aos sábados, será sempre dia de segunda chamada para as pessoas que deveriam ter se vacinado na semana anterior, mas, por algum motivo, não puderam ir à unidade de saúde. Para descobrir o local onde deve se vacinar, a pessoa deve acessar aqui ou ir aos pontos especiais de vacinação.

Os mais idosos, acamados ou com dificuldades de locomoção, serão vacinados em casa pelas equipes da Saúde da Família. O parente responsável deve procurar na plataforma Onde ser atendido a unidade de saúde mais próxima de casa, onde vai receber todas as orientações sobre a vacinação.

Além das unidades de Atenção Primária, também haverá vacinação no sistema drive thru no dia 6 de fevereiro e nos sábados subsequentes, para atender aos idosos. Esses postos funcionarão das 8h às 12h, nas policlínicas Lincoln de Freitas Filho (Santa Cruz) e Guilherme Manoel da Silveira (Bangu), no CMS Belizário Penna (Campo Grande), no Sambódromo, na Cidade Universitária e no campus da UFRJ em Botafogo, no Parque Madureira, no Estádio do Engenhão e no Parque Olímpico. Também haverá drive thru realizado pela Uerj, das 9h às 15h, com vacinas disponibilizadas pela SMS.

A recomendação da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) é para que não vá ao posto de saúde quem não for do atual grupo prioritário, para evitar aglomerações. A pessoa deve levar a caderneta de vacinação e o documento de identidade. Não é necessário fazer qualquer pré-cadastro. Outras informações podem ser obtidas no site coronavirus.rio.

Outra orientação da SMS é para que as pessoas com sintomas leves façam a autonotificação por meio da central 1746 ou do aplicativo Rio Covid-19, disponibilizado nas plataformas iOS e Android. Desde que foi lançado, na segunda semana de janeiro, o serviço já recebeu mais de seis mil contatos de cidadãos para informar sintomas característicos da infecção por coronavírus. A partir da autonotificação, a pessoa recebe o retorno de sua equipe de saúde da família, que avalia o relato e os sintomas do paciente e, caso haja indicação clínica, agenda o teste em uma unidade de Atenção Primária.

Confira o calendário da nova etapa de vacinação

 

 

 

 

  • 29 de janeiro de 2021