Prefeitura fecha estacionamento irregular da milícia na Praia da Macumba pela terceira vez

Publicado em 17/09/2021 - 10:37 | Atualizado
O estacionamento irregular foi destruído pela Prefeitura pela terceira vez - Prefeitura do Rio

Pela terceira vez nesse ano, a Secretaria de Meio Ambiente desfez um estacionamento irregular que funcionava em área pública, na desembocadura do Canal do Rio Morto com a Praia da Macumba, no Recreio dos Bandeirantes, Zona Oeste do Rio. O estacionamento, na Área de Proteção Ambiental (APA) de Grumari, já havia sido alvo de uma ação da secretaria de Meio Ambiente em 26 de janeiro e 17 de junho, quando foi destruída a entrada do local. Uma retroescavadeira da Prefeitura fez várias valetas no local para impedir o acesso de veículos. Na segunda ação foram colocadas barreira de concreto. Entretanto, grupos criminosos voltaram a explorar o local.

 

– O nosso recado tem sido claro, desde o primeiro dia do governo de Eduardo Paes: não atuem na ilegalidade porque não vamos mais tolerar crimes ambientais – disse o secretário Eduardo Cavaliere.

 

Os invasores quebraram a mureta de separação entre a pequena servidão da Estrada do Pontal e as margens do canal. Eles cobravam uma taxa de R$ 30 por veículo estacionado. A capacidade do estacionamento ilegal era de aproximadamente 80 veículos. A atividade não tinha alvará de funcionamento.

O local serve como área de manobra dos veículos da Rio Águas para desobstruir o canal do Rio Morto. Dessa vez, além de destruir as barreiras, a Prefeitura vai chumbar vigas de concreto em definitivo, para impedir danos à Área de Preservação Permanente (APP).

A ação contou com apoio da Secretaria de Conservação e da Polícia Militar Ambiental.

  • 17 de setembro de 2021