Guarda Municipal adapta sirenes de carros para enviar mensagem sonora de conscientização sobre Covid-19

Publicado em 12/05/2020 - 08:18 | Atualizado
A Guarda Municipal fez uma adaptação para amplificar o som das sirenes - Divulgação/Prefeitura do Rio

A Guarda Municipal do Rio de Janeiro passou a utilizar as sirenes de seus veículos para enviar mensagem sonora de conscientização à população sobre as medidas de combate ao novo coronavírus. A iniciativa contribui para alertar mais pessoas a evitar aglomerações, higienizar as mãos e ficar em casa nesse período de pandemia, conforme orientação do prefeito Marcelo Crivella.

Foi feita uma adaptação elétrica nas sirenes para a amplificação do som das mensagens, antes feito por megafones. Desta forma, o alcance do som é ampliado e chega a um maior número de pessoas. Não houve necessidade de instalar alto-falante e a mudança teve custo baixo, cerca de R$ 200. O serviço foi feito pela Coordenadoria de Transportes da Guarda Municipal na medida em que os carros retornavam do patrulhamento nas ruas e ficavam disponíveis para a instalação.

O trabalho de conscientização é realizado diariamente pelos guardas municipais e conta hoje com 65 picapes modelo S-10, que circulam pela orla das zonas Sul e Oeste; no entorno de praças, parques e áreas comerciais de diversos bairros do Rio, como Bangu e Campo Grande, onde acontece o lockdown parcial realizado pela Prefeitura para evitar o contágio do novo coronavírus.

– Na prática, o agente que estiver conduzindo o veículo conta agora com um botão para acionar o som do carro e propagar a mensagem gravada em pen drive, alternando com a sirene de emergência. Basta um toque no interruptor para ativar e desativar o som – explica o eletricista Sérgio Henrique Teixeira, que trabalha há 19 anos na instituição.

De acordo com o comandante da Guarda Municipal, inspetor geral José Ricardo Soares, a ideia de adaptar carros da frota nesse período de pandemia poderá ser mantida para outras ações educativas.

– Além das atuais ações de conscientização nas ruas contra o coronavírus, estes veículos adaptados poderão ser empregados em diversas missões futuras, quando precisarmos disseminar outros tipos de mensagem de orientação à população – destaca o comandante.