Contra aglomerações e para proteção das pessoas, Prefeitura do Rio impede funcionamento de 27 feiras livres na cidade

Publicado em 23/04/2020 - 17:05 | Atualizado
As feiras livres do município estão sendo constantemente fiscalizadas. Foto: Divulgação/ Guarda Municipal do Rio

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, Emprego e Inovação e da Guarda Municipal, realizou operação para impedir funcionamento de 27 feiras livres nesta quinta-feira (23/04) em todas as regiões da cidade.

A ação foi para cumprir a determinação do decreto do prefeito Marcelo Crivella, que suspendeu as feiras livres por 10 dias como forma de evitar aglomeração e, assim, conter a propagação do novo coronavírus para as pessoas.

Ação desde a madrugada

A operação teve início ainda na madrugada, a partir das 2h, com equipes atuando de forma preventiva para evitar a montagem das feiras livres nos bairros do Centro, Cidade Nova, Leblon, Copacabana, Praça Seca, Curicica, Vila Valqueire, Bangu, Realengo, Barra da Tijuca, Vila da Penha, Méier, Marechal Hermes, Vila Militar, Oswaldo Cruz e Portuguesa, na Ilha do Governador.

Não foram registradas ocorrências durante a operação. Ao todo, foram empregados 90 guardas municipais e 22 viaturas. As ações vão continuar ao longo dos dias determinados pelo decreto. Nesse período, as 162 feiras livres montadas em dias e locais fixos, em todos os bairros da cidade, não vão acontecer.