Pessoas com deficiência têm vez nas vilas olímpicas: mais de 1.500 matriculados em atividades esportivas

Publicado em 26/09/2022 - 07:00 | Atualizado em 26/09/2022 - 12:39
  • Início/
  • /
  • Pessoas com deficiência têm vez nas vilas olímpicas: mais de 1.500 matriculados em atividades esportivas
Aluna pratica atividade física em vila olímpica - Divulgação

As vilas olímpicas da cidade têm matriculadas, atualmente, mais de 1.500 pessoas com alguma deficiência. O número está em um relatório preparado pela Secretaria Municipal de Esportes sobre seus equipamentos que, ao todo, reúnem cerca de 50 mil alunos em aulas de música, futsal, alongamento, basquete, capoeira, percussão, bocha e lutas, entre outras atividades.

Na quarta-feira passada foi celebrado o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, e o dado divulgado mostra o resultado do trabalho do município para ampliar a oferta de vagas a esse público em todas as 26 vilas, no Parque Radical de Deodoro e no Velódromo Olímpico. Todos os espaços são adaptados para esses alunos.

No Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência (CIAD), por exemplo, há mais de 15 atividades esportivas, inclusive para os acompanhantes. Há vagas disponíveis, e as inscrições ocorrem na Avenida Presidente Vargas 1.997, 3º andar, de terça a sexta-feira, das 8h às 16h. É necessário levar cópia da identidade, do CPF e do comprovante de residência, além de atestado médico. Para menores de idade, apresentar cópia da identidade ou da certidão de nascimento do aluno, da identidade do responsável e do comprovante de residência, mais declaração escolar e atestado médico.

Os interessados em outro equipamento devem ir direto ao local de terça a sexta-feira. As modalidades disponíveis e os endereços estão neste LINK.

 

  • 26 de setembro de 2022
  • Skip to content