Professora do município cria Kit Abraço para matar saudades dos alunos durante a pandemia

Publicado em 16/07/2020 - 15:34 | Atualizado em 16/07/2020 - 15:35
Maura Silva percorre as casas dos estudantes levando capas e máscaras e emociona a todos. - Foto: Divulgação/SME

Com saudade do contato diário com os mais de 50 alunos da Escola Municipal Frei Vicente do Salvador, em Padre Miguel, Zona Oeste da cidade, a professora Maura Silva, de 47 anos, teve uma ideia bem original: criou o Kit Abraço. Com a bolsa cheia de capas de chuva plásticas e máscaras de tecido, tudo bem higienizado, ela foi à casa dos estudantes para abraçá-los, cena que emocionou pais e crianças.

– Eu tenho uma relação muito intensa com meus alunos, alguns eu acompanho há cinco anos.
Eles estavam com muita saudade. Eu fui dar um abraço para mostrar que a escola ainda está conectada com eles, mesmo com as aulas interrompidas desde março por causa da pandemia – explica a professora, que está há 20 anos na Rede Municipal de Ensino.

Maura Silva não queria apenas bater na porta de cada um e dar o abraço. Por isso, também contratou um carro de som para chegar tocando músicas que os alunos estavam acostumados a ouvir durante as tarefas na sala de aula. Combinou com os pais para que a visita fosse uma surpresa e o resultado do encontro com as crianças, a maioria com 8 ou 9 anos, foi emocionante.

– Um aluno, que é autista, quando começou comigo não falava nem comia. Mas hoje, quando vi o vídeo que ele mandou para a TV dizendo que está com saudade e mandando um beijo, logo pensei: Quantas barreiras o Marcinho não ultrapassou para fazer essa gravação. Esse resultado do nosso esforço no dia a dia é gratificante.

Para a secretária municipal de Educação, Talma Romero Suane, é fundamental esta relação estreita entre professores e alunos em todos os momentos.

– Independentemente de pandemia, é muito importante manter uma conexão forte com os alunos, perceber seus anseios e expectativas, fortalecer o contato. A professora Maura está de parabéns. Nossa proposta de trabalho é de intensificar o contato com os alunos porque isso amplia as condições de aprendizagem e é a essência da missão do educador – reforça Talma Suane.


Aplicativo da Secretaria Municipal de Ensino já passou de 5,6 milhões de acessos


Ao mesmo tempo, para manter os alunos conectados com o ensino, a Secretaria Municipal de Educação, durante o período de suspensão das aulas, lançou o aplicativo SME Carioca 2020, plataforma digital com atividades para os estudantes. O novo sistema tem feito sucesso e o app já passou dos 5,6 milhões de acessos.

O aplicativo possui conteúdo pedagógico para todos os segmentos, da Educação Infantil ao Programa de Jovens e Adultos. De fácil manuseio, pode ser baixado via celular, notebook, tablet e computador pelo endereço eletrônico https://app.vc/smecarioca2020.

A Secretaria de Educação oferece ainda uma série de outros recursos para os alunos estudarem. O conteúdo didático também está disponível no site da MultiRio – produtora audiovisual de conteúdos educativos em diversas mídias que trabalha junto à comunidade escolar – que ainda disponibiliza aulas virtuais. Os professores da Rede Municipal de Ensino também estão repassando conteúdos e atividades por meio de redes sociais, como Youtube, Facebook e Whatsapp.

A SME está desenvolvendo ainda conteúdos específicos para a plataforma de aulas digitais da Microsoft TEAMS. Plataforma de matemática, acessível pelo sistema MATIFIC, também está disponível para os alunos.

Para os alunos que tiverem alguma dificuldade para acessar o conteúdo digital, a Secretaria Municipal de Educação entrega o material impresso.