Subprefeitura da Zona Sul intensifica ações de ordenamento

Publicado em 10/12/2021 - 19:51 | Atualizado
  • Início/
  • /
  • Subprefeitura da Zona Sul intensifica ações de ordenamento
Ação de ordenamento na Zona Sul - Divulgação

A Subprefeitura da Zona Sul intensificou as ações de ordenamento da região, com equipes atuando em pelo menos três atividades simultâneas, em parceria com a Secretaria Municipal de Ordem Pública, com a Comlurb, entre outros órgãos municipais.

Nesta semana (de 6 a 10/12), as equipes da subprefeitura atuaram em diversos bairros, entre eles São Conrado, Leblon, Ipanema, Copacabana, Gávea, Catete e Glória. O desafio tem sido desobstruir calçadas ocupadas por ambulantes não autorizados e por material descartado de forma irregular. Além disso, a conscientização dos comerciantes de que não podem utilizar as calçadas em frente às lojas para exposição de produtos. Os fiscais também combateram o estacionamento irregular.

A Subprefeitura da Zona Sul mapeou os pontos mais críticos, nas principais vias públicas. Nesses locais as ações de ordenamento têm acontecido diariamente, muitas vezes em dois turnos, com a atuação da subprefeita.

– Estamos empenhados em devolver aos cariocas uma Zona Sul organizada, onde as regras são respeitadas e o viver coletivamente se torna mais fácil. Para isso, intensificamos nossas operações e não vamos permitir a utilização indevida do espaço público – afirma Ana Ribeiro, subprefeita da Zona Sul.

Nas ações da semana, somente na Rua do Catete foram retiradas mais de duas toneladas de acúmulos. Em São Conrado e no Jardim de Alah foram retirados mais de 500kg de material e, em Copacabana, aproximadamente uma tonelada. Foram mais de quatro toneladas em apenas cinco dias. Em todos os bairros, ao fim das ações a Comlurb ainda realiza a lavagem do passeio público com água de reuso.

No Catete, no início da semana cerca de 20 estabelecimentos foram notificados por expor suas mercadorias de forma inadequada. Após um trabalho de conscientização dos comerciantes, nesta sexta-feira (10/12) foram apenas cinco.

No Catete foi apreendida mais de uma tonelada de frutas. O material foi doado pela subprefeitura para o Abrigo Bia Bedran, em Botafogo, que acolhe bebês em situação de violência ou abandono familiar.

  • 10 de dezembro de 2021
  • Skip to content