Prefeitura estimula atividades de alunos com altas habilidades durante isolamento

Publicado em 19/05/2020 - 18:06 | Atualizado
Jovens recebem orientações e atividades pela internet. Foto: Divulgação / Prefeitura do RioJovens recebem orientações e atividades pela internet. Foto: Divulgação / Prefeitura do Rio
A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Educação, firmou acordo de cooperação nesta terça-feira, 19/5, com o Instituto Apontar, instituição voltada para a educação, entre outros setores. O objetivo da parceria é dar ainda mais dinamismo ao projeto Estrela Dalva, iniciativa que tem ampliado oportunidades de crianças e jovens com altas habilidades na Rede Municipal de Ensino.

Mesmo durante o isolamento social imposto pelo novo coronavírus (Covid-19), os 72 estudantes com altas habilidades de escolas municipais não pararam as atividades do projeto. Pela internet, os alunos recebem as orientações e tarefas para serem realizadas em casa. A iniciativa tem coordenação do Instituto Helena Antipoff (IHA), referência na Educação Especial do município.

Como não podem se reunir presencialmente, os alunos com altas habilidades têm utilizado os recursos digitais disponíveis para a troca de experiências e dúvidas, como Whatsapp, a plataforma Zoom e o Google Sala de Aula. As aulas, que ocorrem no contraturno, são ministradas por professores do Instituto Apontar sob supervisão de professores do IHA que fazem parte da Rede Municipal de Ensino.


Alunos com altas habilidades


Para identificar os alunos com perfil para essa ação, são realizados testes de inteligência geral e não-verbal nas unidades de ensino. Posteriormente, os alunos são selecionados por meio de provas de Português e Matemática. Assistentes sociais e psicólogos também realizam entrevistas com os responsáveis dos alunos.

A iniciativa visa ampliar as oportunidades de crianças e adolescentes com altas habilidades, do Ensino Fundamental, para a entrada em escolas públicas de excelência. Também visa oferecer oportunidades para que elas possam desenvolver o pensamento crítico e criativo, além de enriquecê-las culturalmente. Um dos bons resultados dessa ação é a destacada aprovação de jovens das escolas do município para colégios públicos de Ensino Médio de excelência, como Colégio Pedro II.