Prefeitura entrega obra do Bairro Maravilha no Encantado e uma série de melhorias na Zona Norte

Publicado em 20/01/2023 - 18:15 | Atualizado
No Encantado, ruas receberam 4.300 metros quadrados de asfalto novo - Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, esteve na Zona Norte, nesta sexta-feira (20/1), para a inauguração de obras do Bairro Maravilha, programa de urbanização de ruas da Secretaria de Infraestrutura. Foram entregues à população, com nova pavimentação, calçamento em concreto e drenagem, as ruas Cruz e Souza, Francisco Fragoso e Clarimundo de Melo, no bairro do Encantado. É a primeira entrega do Bairro Maravilha na Zona Norte, após sua retomada, em 2021. A região está recebendo 13 obras do programa, com investimentos que chegam a R$ 240 milhões.

– Depois de arrumarmos a casa, as entregas estão acontecendo para que voltemos a ter qualidade de vida na cidade, com dignidade, boa conservação. Que bom que vocês estão com a vida melhor após essas obras e com mais qualidade de vida – disse o prefeito Eduardo Paes.

O Bairro Maravilha tem como missão resgatar pontos da cidade que, historicamente, sofrem com a falta de infraestrutura urbana. O objetivo é tirar essas áreas da degradação, garantindo qualidade de vida aos cariocas que vivem nos bairros e demais localidades contempladas pelas ações do programa.

Uma das ruas durante a obra – Marcos de Paula/Prefeitura do Rio
A rua depois da obra – Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

 

No Encantado, as ruas Cruz e Souza, Francisco Fragoso e Clarimundo de Melo receberam 4.300 metros quadrados de asfalto novo. As três vias tiveram seus meios-fios, sarjetas e calçadas concretadas e recuperadas. Foram requalificados, ainda, mais de 700 metros de drenagem, que irão garantir um escoamento mais eficiente de água em dias chuvosos. Além disso, 16 rampas de acessibilidade foram construídas com objetivo de facilitar a mobilidade de pessoas com dificuldade de locomoção. O custo total foi de R$ 2,8 milhões.

– Eu moro aqui há 12 anos, e as ruas eram completamente abandonadas. Agora o prefeito cumpriu o que prometeu, as ruas estão asfaltadas e o rio próximo foi limpo. Os temporais aqui eram complicados, fechavam o trânsito, a água acumulava até meio metro. Agora, depois da obra, está tudo bem melhor. Nossa qualidade de vida melhorou muito – afirmou o aposentado Joaquim Gonçalves, de 74 anos.

A Prefeitura também realizou a entrega das obras do Conjunto Habitacional Condomínio Parque Novo Irajá, no bairro de Irajá. Formado por 15 prédios, divididos em 26 blocos, o conjunto residencial fica localizado na Avenida Brasil, nº 17.191, e passou por reparos em suas fachadas, com serviços de emboço e pintura. Os portões e grades também ganharam pintura nova. As obras foram realizadas pela Empresa Municipal de Urbanização (Rio-Urbe), órgão vinculado à Infraestrutura, e duraram sete meses. Os serviços custaram cerca de R$ 2 milhões.

– A reforma valoriza o condomínio, deixando o local bem mais agradável. E traz uma qualidade de vida para o morador – declarou o presidente da Rio-Urbe, Rafael Salgueiro.

O conjunto residencial passou por várias obras – Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

 

Prefeito acompanha as ações do programa em Olaria

O prefeito Eduardo Paes ainda esteve em Olaria para acompanhar as obras do Bairro Maravilha na região. Estão previstos recapeamento asfáltico, instalação de drenagem e recuperação de calçadas e meios-fios de 26 ruas, entre elas Pirangi, Dr. Nunes e Estrada Engenho da Pedra. As melhorias vão chegar a uma área total de 72 mil metros quadrados. Mais de cinco mil metros de drenagem serão requalificados, melhorando a capacidade de escoamento de água da chuva e reduzindo os alagamentos.

Outros dois bairros do subúrbio carioca estão tendo parte de sua infraestrutura urbana renovada pelo Bairro Maravilha: Bonsucesso e Ramos. Em Bonsucesso, o pacote de melhorias do programa da Secretaria de Infraestrutura vai chegar a 18 logradouros, em uma área total contemplada de quase 89 mil metros quadrados. Ruas importantes, como a Avenida Teixeira de Castro, ganharão nova pavimentação e novas galerias de águas pluviais. Cerca de 1.700 metros de drenagem vão ser recuperados.

Já o projeto do Bairro Maravilha de Ramos abrange 17 ruas, entre elas a Rua Leopoldina Rêgo, que dá acesso ao Viaduto São Cosme, e a Rua Felisbelo Freire. Mais de 78 mil metros quadrados de área urbana vão ser requalificados. Aproximadamente 2.400 metros de drenagem estão sendo revitalizados.

Investimentos na recuperação de bairros da Zona Norte ultrapassam R$ 240 milhões

O programa Bairro Maravilha está sendo executado em mais de 90 localidades da cidade. Em 2022, foram entregues obras no Recreio dos Bandeirantes, Paciência e Vila Kennedy, na Zona Oeste. Além de logradouros completamente reestruturados, foram entregues, nesses locais, praça com academia ao ar livre para adultos e pessoas da terceira idade, quadras para a prática de esportes, além de parquinho para as crianças.

As ações do programa também estão se expandindo para a Zona Norte. Os investimentos da Prefeitura na recuperação do subúrbio carioca ultrapassam R$ 240 milhões. São mais 13 projetos na região, nos bairros de Olaria, Bonsucesso, Coelho Neto, Ilha do Governador, Del Castilho, Ramos, Rocha Miranda, Madureira e Caju, além do Morro do Chaves, em Barros Filho, e comunidade Eternit, em Guadalupe.

Ao lado do presidente da Fundação Parques e Jardins (FPJ), Roberto Oliveira, o prefeito também entregou, na tarde desta sexta, as obras das Praças Craveiro de Sá, em Cordovil, e Pedro Fernandes, em Vista Alegre. Os espaços receberam melhorias nas quadras poliesportivas e nos campos de futebol, novo parquinho infantil, novos mobiliários urbanos, revitalização da Academia da Terceira Idade, entre outras.

– São duas novas opções de lazer para os moradores da Zona Norte. São áreas requalificadas, com entretenimento, lazer e atividades esportivas – declarou o presidente da FPJ.

Em Vigário Geral, o prefeito devolveu aos cariocas um dos monumentos mais charmosos da Zona Norte: o coreto da Praça Catolé do Rocha. A Secretaria de Conservação restaurou a cobertura e recuperou outras partes em ferro fundido, como o guarda-corpo, o corrimão da escada, os pilares, o portão de acesso e as janelas do embasamento. As partes em concreto também passaram por pequenos reparos. O coreto foi inaugurado na Praça Saens Peña, na Tijuca, em 1911, mas acabou desmontado por causa das obras do metrô e foi reinaugurado em 1977, já na Praça Catolé do Rocha.

– Sem sombra de dúvida é um resgate para a área, uma peça muito bonita e antiga que não passava por uma reforma há mais de 20 anos – disse o secretário de Conservação, Marco Aurélio de Oliveira.

O coreto da Praça Catolé do Rocha foi reformado – Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

 

Para o subprefeito da Zona Norte, Diego Vaz, o trabalho da Prefeitura do Rio na região mostra que a gestão do prefeito Eduardo Paes está atenta aos problemas nos bairros da cidade.

– Como subprefeito, fico muito feliz com esse esforço que a Prefeitura tem feito aqui na Zona Norte. O Bairro Maravilha é um compromisso de acabar com os alagamentos em que as pessoas perdem os seus pertences. Além disso, o programa reforma calçadas, valoriza o imóvel. E as obras do Conjunto Maravilha levam reformas para condomínios construídos com dinheiro público, trazendo dignidade para seus moradores – afirmou Diego Vaz.

Skip to content