Prefeitura do Rio abre mais 10 novos leitos de UTI no Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, referência para tratar covid-19

Publicado em 16/04/2020 - 19:04 | Atualizado em 17/04/2020 - 20:32
Fachada do Hospital Ronaldo Gazolla, uma das unidades administradas pela RioSaúde. Foto: divulgaçãoFachada do Hospital Ronaldo Gazolla. Foto: Divulgação

A Prefeitura do Rio abriu mais 10 leitos de UTI no Hospital municipal Ronaldo Gazolla nesta sexta-feira (17/04). A unidade, que é referência da rede municipal para o tratamento dos casos graves de covid-19, recebeu esta semana visita técnica de membros do gabinete de crise da Prefeitura do Rio para inspecionar o andamento das obras para expansão dos leitos.

O hospital tem atualmente 50 leitos de UTI, passará a 60 e, ao fim do cronograma de ampliação de leitos, terá 201 dedicados exclusivamente a UTI – 19 dos quais pediátricos.

Vagas abertas progressivamente

O total de leitos ativos hoje no hospital é de 160, mas chegará a 381 ao fim do cronograma. Eles serão abertos progressivamente.

O prefeito Marcelo Crivella já havia antecipado nesta tarde a abertura dos novos leitos de UTI.

– O cronograma de abertura de leitos de UTI e de clínica médica no Gazolla segue como planejado. Aguardamos a chegada dos novos equipamentos, entre respiradores e carrinhos de anestesia, que poderão ser também usados nos cuidados intensivos dos pacientes do novo coronavírus. Ao mesmo tempo, a Secretaria municipal de Saúde está contratando os profissionais necessários para o adequado atendimento – disse Crivella.

 

Equipamentos que vão atender pacientes com Covid-19 começam a chegar ao hospital de campanha no Riocentro