Prefeitura beneficia moradores da Zona Oeste com obras de urbanização e garantia de propriedade

Publicado em 08/08/2020 - 20:50 | Atualizado
Obras de urbanização no Bosque de Tingui. Foto: Marco Antonio Rezende/Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, participou neste sábado (8/8) de eventos que beneficiaram moradores da Zona Oeste. Pela manhã, entregou obras do Bairro Maravilha à comunidade Bosque do Tingui, em Campo Grande. Também garantiu a documentação legal de moradia a mais de 40 famílias no Loteamento Guandu do Sena, em Bangu. À tarde, participou da cerimônia de hasteamento da bandeira do Vasco da Gama no terreno, cedido pela Prefeitura, onde será construído o centro de treinamento do clube, em Jacarepaguá.

Em Bangu, investimento de R$ 4,4 milhões

No Bosque do Tingui, foram investidos R$ 4,4 milhões em redes de esgotamento sanitário, drenagem e água potável, além de serviços de pavimentação e calçadas. As obras haviam sido paralisadas na gestão anterior e foram retomadas pela Prefeitura em outubro de 2017.

– É um grande prazer estar aqui para entregar essas obras que vão melhorar e muito a qualidade de vida dos moradores. Obras lindas que foram feitas sem roubalheira. A raiz de todos os males é a corrupção, mas aqui ninguém embolsou dinheiro – afirmou Crivella.

O Programa Bairro Maravilha recupera áreas que demandam intervenções de urbanização. Entre outros serviços, pavimentação, recuperação ou implementação de redes de escoamento de águas pluviais, construção de calçadas, sistema de drenagem e rede de esgoto.

Decreto, assinado neste sábado, vai garantir a titulação aos moradores em Bangu

No Loteamento Guando do Sena, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Habitação e Conservação, a Prefeitura vai garantir, a partir da assinatura de um decreto de desapropriação, a documentação legal de moradia para as 40 famílias que vivem na comunidade.

Prefeito entrega documento que legaliza moradia no Loteamento Guando do Sena. Foto: Marco Antonio Rezende/Prefeitura do Rio

O local, que pertencia à antiga Fábrica Bangu, abriga essas famílias há décadas. A regularização era uma demanda antiga e muito esperada. A partir da assinatura do decreto de desapropriação, será possível garantir a permanência dos moradores em seus lotes, além da regularização fundiária dessas moradias, o que dá direito à titulação e à escritura definitiva do imóvel.

Depois, Crivella foi ao terreno de cerca de 80 mil metros quadrados onde o Vasco erguerá seu centro de treinamento. A cerimônia de hasteamento da bandeira do clube teve o prefeito como homenageado:

– Nós vamos passar, um dia vai chegar nosso momento supremo de passarmos desta vida e irmos aos braços de Deus. Mas esta bandeira nunca mais vai sair daqui, este CT nunca mais vai sair daqui. É muito lindo, que coisa espetacular e eu fico emocionado de participar – afirmou Crivella.

Prefeito participa da cerimônia de hasteamenteo da bandeira do Vasco no futuro CT do clube. Foto: Marco Antonio Rezende/Prefeitura do Rio