Parque Radical de Deodoro terá escolinha de canoagem para jovens

Publicado em 04/02/2021 - 12:53 | Atualizado em 04/02/2021 - 13:41
Escolinha de Canoagem João Tomasini tem objetivo de formar futuros atletas profissionais da modalidade - Reprodução

A Secretaria Municipal de Esportes (SMEL) e a Confederação Brasileira de Canoagem (CBCa) firmaram, nesta quarta-feira (03/02), uma parceria para a criação da Escolinha de Canoagem João Tomasini, cujo objetivo é formar futuros atletas profissionais da modalidade. As atividades serão gratuitas e acontecerão no Parque Radical de Deodoro, atendendo a jovens entre 10 e 17 anos. As inscrições serão abertas no dia 15 e  ainda será divulgado o sistema para os interessados em participar da escolinha.

A CBCa já começou a capacitar os professores que darão as aulas. Elas acontecerão de segunda a quinta-feira, com horários ainda a serem definidos, e turmas com, no máximo, 10 alunos. Todos os protocolos de prevenção à Covid-19 serão seguidos.

Segundo o secretário Municipal de Esportes, Guilherme Schleder, a iniciativa aproxima os moradores da prática esportiva nos espaços da cidade.

– Nosso objetivo é integrar cada vez mais o morador com os nossos espaços, dando a eles a chance de aprender um esporte. A escolinha vai fazer com que crianças e jovens tenham a chance de levar adiante o sonho de virarem atletas olímpicos – disse o secretário.

Para o coordenador de canoagem slalom da Confederação Brasileira, Denis Terezani, a iniciativa da Secretaria de Esportes faz com que o sonho de muitos jovens possa se tornar realidade.

– Todos têm o direito de sonhar em ser um atleta olímpico. Essa iniciativa busca exatamente apresentar a canoagem para quem tem não só o desejo de virar atleta, mas de praticar esportes. A integração das pessoas com o esporte é fundamental para a formação da sociedade – acredita Denis.

Os atletas brasileiros da modalidade, que estão treinando no Parque Radical de Deodoro, também abraçaram a iniciativa. Classificada para os Jogos de Tóquio, Ana Sátila não escondeu a emoção por poder estar perto de quem tem o mesmo sonho dela na infância.

– Desde que cheguei aqui em Deodoro, meu sonho era ver as crianças terem motivação para acordar e buscar um objetivo. Me cortava o coração ver pessoas quererem algo, sem chance de realizar. Essa notícia da escolinha foi espetacular. Vou estar aqui 24h por dia. Quero ter integração com os alunos, ajudar nas aulas e fazer com que todos me vejam como inspiração. O esporte pode mudar a vida de uma criança e de uma família inteira.

  • 4 de fevereiro de 2021