Ordem Pública participa de operação da Receita Federal que interditou depósito irregular em Guaratiba

Publicado em 14/05/2021 - 15:31 | Atualizado
Material apreendido em operação em Guaratiba - Divulgação / Prefeitura do Rio

Uma ação conjunta da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) e da Receita Federal interditou na quinta-feira (13/05) um depósito irregular de mercadorias em Guaratiba, Zona Oeste da cidade. O galpão de cerca de 4.000m², localizado na Estrada da Pedra, funcionava sem o Alvará de Licença para Estabelecimento (ALE), emitido pela Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização (CLF), órgão vinculado à Seop.

A documentação é necessária para a legalização das atividades que eram exercidas. No galpão, os fiscais encontraram diversas mercadorias de origem estrangeira, com valor estimado em R$ 500 milhões. Por determinação da Divisão de Vigilância e Repressão ao Contrabando e Descaminho da Receita Federal na 7ª Região Fiscal (RJ/ES), o imóvel foi lacrado de forma a impedir a circulação de mercadorias e o exercício de atividade econômica.

A ação teve objetivo de fiscalizar o funcionamento e a regularidade fiscal de estabelecimentos comerciais e industriais na cidade do Rio de Janeiro.

  • 14 de maio de 2021