Fiscalização e praias vazias no primeiro dia do decreto que proíbe a permanência nas areias e banho de mar

Publicado em 20/03/2021 - 15:09 | Atualizado em 21/03/2021 - 13:13
Os agentes ficaram de prontidão na orla - Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

A Guarda Municipal iniciou a meia-noite deste sábado (20/03) a ocupação da orla das Zonas Sul e Oeste para cumprir determinação do decreto 48.641, que proíbe a permanência de pessoas na areia das praias em qualquer horário, incluindo-se a prática de esportes, o banho de mar e o exercício de toda e qualquer atividade econômica, inclusive ambulantes. No primeiro dia das restrições, as praias ficaram vazias.

 

A praia do Leblon ficou vazia no primeiro dia de restrição – Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

 

Os agentes estão posicionados em diversos pontos das praias  para orientar banhistas sobre a restrição. Além disso, as equipes fiscalizam a proibição de estacionamento de veículos em toda a orla, que inclui as praias do Leme ao Pontal, além de Flamengo e Botafogo. A operação também conta com bloqueios de trânsito nos acessos às praias de Grumari, Prainha e Barra de Guaratiba, com as cancelas da Avenida Estado da Guanabara e da Estrada do Grumari fechadas.

 

– O balanço do dia é bem positivo. Fizemos ocupações prévias em pontos específicos da orla, o que ajudou a coibir a presença de pessoas nas areias das praias. Além disso, seguimos com as operações itinerantes espalhadas por todo o município. Agradeço a colaboração da grande maioria da população, mas reforço que seguimos firmes nas fiscalizações, principalmente para coibir a ação daqueles que insistem em descumprir as medidas de proteção à vida – ressalta o secretário de Ordem Pública, Brenno Carnevale.

 

 

Agentes da GM conversam com aqueles que ainda tentam ficar na areia -Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

 

No primeiro dia de operação, foram multados 429 veículos na orla entre 0h e 7h. A Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop) rebocou 124 veículos entre 7h desta sexta-feira (19/03) e 7h deste sábado (20/03). O estacionamento na orla só está permitido para moradores, idosos, pessoas com deficiência, hóspedes de hotéis e táxis.

Mais infrações

Em oito dias de fiscalizações das medidas impostas pela Prefeitura pelo decreto 48.604, foram registradas 8.426 autuações – entre multas e interdições a estabelecimentos, não utilização de máscaras, aglomerações, infrações de trânsito, reboques, encerramento de feiras, apreensões de mercadorias de ambulantes – com 280 estabelecimentos fechados e 338 multas a bares, restaurantes e ambulantes.

Apenas no oitavo dia de operações, entre as manhãs desta sexta-feira (19/03) e deste sábado (20/03),  foram registradas 1.546 ações, com 25 estabelecimentos fechados e 100 multas a ambulantes, restaurantes e bares. As fiscalizações foram realizadas pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), juntamente com a Guarda Municipal, Instituto de Vigilância Sanitária e o apoio da Polícia Militar e ocorreram com os comboios em diversos pontos da Zona Sul, Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes, Tijuca, Andaraí, Méier e Vicente de Carvalho.

Além disso, forças-tarefa da Guarda Municipal atuaram em diversos pontos da cidade, como Copacabana, Méier, Vila Isabel, Padre Miguel, Barra de Tijuca, Baixo Gávea, Mureta da Urca, entre outros pontos do Rio. Foram escolhidos locais que apresentavam altos índices de aglomeração e também registros de denúncias na central 1746 da Prefeitura do Rio.

Festa interrompida na Lapa

Cerca de 50 pessoas estavam na festa clandestina interrompida pela GM e PM na Lapa – Prefeitura do Rio

 

A GM e policiais militares do programa Lapa Presente interromperam, na noite de sexta-feira (19/03), uma festa clandestina que acontecia na Street Lapa Lounge, localizada na Avenida Gomes Freire, Centro do Rio. As equipes realizavam fiscalização na região da Lapa para cumprir as medidas de restrição, por volta das 23h, quando foram acionadas. No local, havia cerca de 50 pessoas. O responsável pelo estabelecimento foi multado por promover aglomeração e por funcionamento não autorizado de estabelecimento.

Município amplia medidas restritivas, com fechamento de praias e áreas de lazer, para tentar conter o coronavírus

  • 20 de março de 2021