Covid-19: Programa Territórios Sociais recebe doação de 250 mil sabonetes da Unicef

Publicado em 13/05/2020 - 11:34 | Atualizado
O Complexo do Alemão, na Zona Norte, recebeu ação do programa Territórios Sociais no último dia de agosto. Foto: divulgação / IPPA medida é um cuidado preventivo à saúde das famílias que serão cadastradas e dos trabalhadores que farão a coleta dos dados. Foto: divulgação / IPP
Uma ação de solidariedade vai ajudar cerca de 25 mil famílias com extrema vulnerabilidade social e que precisam de proteção durante a pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O Programa Territórios Sociais recebeu, através de parceria com a UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância), a doação de 250 mil sabonetes para distribuir entre as famílias já identificadas. Territórios Sociais é uma iniciativa da Prefeitura do Rio, com apoio do ONU-Habitat, que trabalha identificando e monitorando famílias com os menores índices de desenvolvimento social nos 10 maiores complexos de favelas da cidade. Pensando na saúde da população atendida, o programa suspendeu temporariamente as entrevistas domiciliares. Essas doações chegam em um momento de preocupação do programa sobre como auxiliar no cuidado da saúde dos mais vulneráveis e ajudar a manter o isolamento social dentro das comunidades.
Para acompanhar os territórios, no atual cenário de isolamento, já foram implementadas uma série de ações emergenciais de atendimento: uma delas é a entrega de cestas básicas de alimentação para as famílias que possuem pelo menos um integrante no grupo de risco da Covid-19. Até o dia 06 de maio, foram entregues 1951 cestas, fruto de parceria do programa com a Obra Social Abrace o Rio, que também doou mais de 500 frascos de álcool em gel juntamente com os alimentos.
Coordenada pela Primeira-Dama Sylvia Jane Crivella, a Obra Social Abrace o Rio, tem sido um apoio assistencial para o município, ajudando pessoas de extrema pobreza nas comunidades carentes de diversos bairros da cidade. As doações são recolhidas através da iniciativa privada e particular.  Para atender ao Programa Territórios Sociais contou com a colaboração da comunidade chinesa do Rio de Janeiro e do Clube de Regatas do Flamengo. 

O programa também está realizando atendimento técnico por telefone para as famílias já monitoradas, a fim de manter, da melhor maneira possível, o protocolo do programa. As técnicas de Assistência Social contratadas pelo programa, já realizaram 1259 ligações, com o objetivo de acompanhar as famílias, inserindo-as no Cadastro Único e facilitando o acesso aos benefícios de transferência de renda. Os agentes de campo também estão ligando para as famílias para repassar instruções de como diminuir a propagação do novo vírus. Durante as 3.975 ligações já realizadas, foi reforçada a importância da higiene, do isolamento social e da vacinação contra a gripe. Os agentes também realizaram 1.244 ligações para as famílias com integrantes no grupo de risco, monitorando os casos suspeitos e confirmados.

Territórios Sociais entende que a soma das forças de trabalho com instituições como a Unicef e a Obra Social Abrace o Rio é a maneira mais eficaz de proteger os mais vulneráveis na situação atual.