Prefeitura do Rio contabiliza 214 inspeções direcionadas ao coronavírus só nesta semana

Publicado em 17/04/2020 - 18:06 | Atualizado em 17/04/2020 - 18:19
Técnicos da Subsecretaria de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses fazem inspeções direcionadas à Covid-19. Foto: Nelson Duarte / Prefeitura do RioTécnicos da Subsecretaria de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses fazem inspeções direcionadas à Covid-19. Foto: Nelson Duarte / Prefeitura do Rio
A Prefeitura do Rio de Janeiro, por meio da Subsecretaria de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses, fiscalizou mais sete farmácias com foco na venda e realização de testes rápidos para o coronavírus, mas sem evidências do produto. A ação integra as inspeções direcionadas à Covid-19 que acontecem desde 19 de março e que nesta quinta-feira (16/04) passaram por 64 estabelecimentos, 31 deles do segmento farmacêutico com nove infrações aplicadas, todas por questões sanitárias essenciais à prevenção do novo vírus. Nos últimos quatro dias, foram 214 vistorias que resultaram em 55 infrações, a maioria, por falta de higiene e de dispensadores de sabão líquido e de papel-toalha, e ainda pela comercialização irregular do álcool 70% em gel.

Desde a última segunda-feira (13/08), quando recebeu as primeiras denúncias da venda e realização de testes rápidos em uma farmácia do Leblon e outra da Barra da Tijuca, a pasta vinculada à Secretaria Municipal de Saúde vem reforçando as fiscalizações nesses estabelecimentos. Na terça, dia 14, mais dois registros da irregularidade em comércios também da Barra foram feitos à Central 1746, mas sem confirmação da venda do produto que é restrita a unidades hospitalares, de acordo com a regulamentação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Nesta quinta, 16, a equipe da Coordenação de Saúde da Vigilância atuou em farmácias do Centro e em Ramos, na Zona Norte, com a aplicação de três multas e a apreensão de álcool 70% gel sem procedência.

Nas inspeções os técnicos também reforçam as orientações para que os estabelecimentos se adequem às normas sanitárias. As demais inspeções direcionadas desta quinta foram feitas por equipes das coordenações de Fiscalização Sanitária, de Alimentos e de Engenharia, e ainda do Núcleo de Integração de Fiscalização em Ambientes de Trabalho (Nifat), que integram a equipe de plantão 24 horas para atender demandas da Central 1746 e apoiar ações da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop).