Coronavírus: Prefeitura anuncia chegada do Exército Brasileiro ao Rio para ações de combate

Publicado em 23/03/2020 - 21:55 | Atualizado em 24/03/2020 - 16:11
Exército vai ajudar na vacinação contra a gripe. Foto: DivulgaçãoExército vai ajudar na vacinação contra a gripe. Foto: Divulgação
O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, recebe às 8h desta terça-feira (24/03), o primeiro efetivo do Exército Brasileiro que atuará no fortalecimento ao combate contra o novo coronavírus na capital. São 30 militares enfermeiros que chegarão em um caminhão do Exército para ajudar na vacinação contra a gripe — cujo calendário foi antecipado porque um aumento de casos complicaria o contra-ataque ao Covid-19 nas unidades de saúde do município.
–  Serão 30 militares enfermeiros na vacinação em nossa campanha. Vamos abrir um drive-thru para esta força-tarefa atuar no Pavilhão 4 do Riocentro. São boas notícias nesse momento que nos exige tantos cuidados – disse o prefeito.
Crivella informou ainda que solicitou o apoio dos militares para a Garantia da Lei e da Ordem como forma de evitar maior disseminação do vírus, a partir de ações de conscientização dos idosos.
A Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza começou nesta segunda-feira (23/03). A vacina está disponível nas unidades de Atenção Primária (clínicas da família e centros municipais de saúde), de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. Além disso, o público também será atendido em cinco postos do Detran, em sistema drive-thru.
A previsão da SMS para esta primeira etapa, que vai até 15 de abril, é vacinar 90% da população alvo da campanha, o que corresponde a pouco mais de 2 milhões de pessoas.