Conheça o circuito de visitação do BioParque Rio

Publicado em 18/03/2021 - 11:24 | Atualizado em 18/03/2021 - 12:27
O BioParque tem uma área de visitação de 60 mil metros quadrados - Beth Santos/Prefeitura do Rio

O BioParque Rio tem uma série de atrações para o visitante. São mais de mil animais de 140 espécies, distribuídos numa área de visitação de 60 mil metros quadrados.

Confira os principais pontos do circuito do parque:

 

Imersão Tropical

O tucano TucTuc atrai os olhares por sua beleza – Marluci Martins/Prefeitura do Rio

 

O passeio começa por esse espaço com mais de 40 espécies, em sua maioria aves como o tucano-do-bico-preto batizado de TucTuc. A área também é habitada por araras-azuis-grandes, araras-vermelhas e papagaios. Há também cutias, ouriços terrestres e bicho-preguiça.

 

Vila dos Répteis

Os jacarés são uma das atrações desse ambiente do parque – Beth Santos/Prefeitura do Rio

 

Nesses ambientes abertos e cercados por painéis transparentes estão os jacarés-de-papo-amarelo que convivem em harmonia com tartarugas-amazônicas e cágados. Cobras píton podem ser vistas no espaço que fica ao lado.

 

Jardim de Burle Marx

 

Projetado pelo famoso paisagista brasileiro, o espaço foi totalmente revitalizado. É o lar de flamingos,  que passeiam pelas curvas do projeto paisagístico, esbanjando harmonia e elegância.

 

Reis da Selva

O leão Simba reina nesse espaço recriado para ficar bem parecido com seu habitat – Divulgação

 

O leão Simba e o tigre William poderão ser vistos nessa área, projetada para recriar de forma mais próxima possível seus locais de origem. Simba herdou em seu espaço parte do projeto arquitetônico assinado por Índio da Costa que na década de 60, projetado para moradia dos ursos do Himalaia. A elefanta Koala recebe um novo espaço de cerca de oito mil metros quadrados, dez vezes maior ao que vivia anteriormente.

 

Polinizadores

Trata-se de uma redoma de tela onde os visitantes poderão entrar e ter contato com pequenos insetos polinizadores e borboletas.

 

Ilha dos Primatas

Os macacos ficam bem próximos aos visitantes – Marluci Martins/Prefeitura do Rio

 

No espaço vivem cinco espécies de pequenos primatas, entre eles, o macaco-aranha-da-testa-branca, o cuxiú e o parauacu. Os animais ficarão bem próximos aos visitantes que poderão conferir essa interação de um lado a outro da ilha.

 

Fazendinha

Na Fazendinha é possível alimentar os animais – Beth Santos/Prefeitura do Rio

 

Área em que as crianças poderão conhecer a origem dos alimentos consumidos no dia a dia, como leite e ovos, além de ter um contato próximo com os animais domésticos, como vacas, pôneis e cabras.

 

Cerrado

Ali estão espécies como a ema, o tamanduá-bandeira, capivaras, catetos e antas. Em frente aos primatas, o casal de lobos-guarás e as irmãs orangotango ganharam recintos maiores, com mais espaço.

 

Savana Africana

O espaço é cortado por um rio de 250 metros de extensão e uma passarela suspensa – Beth Santos/Prefeitura do Rio

 

No fim do passeio o espaço conta com cerca de 10 espécies que vivem naquele continente. Ele é cortado por um rio de 250 metros de extensão e uma passarela suspensa, que possibilita que os visitantes contemplem os animais, entre eles o casal de hipopótamos Bocão e Tim.

 

Alameda Macaco Tião

Essa área foi totalmente revitalizada. O nome foi dado em homenagem a esse primata muito famoso que viveu no antigo zoológico e era conhecido por atirar coisas nos visitantes.

 

Prefeitura inaugura o BioParque do Rio, um novo conceito de zoológico, com mais de mil animais

 

Fotogaleria: conheça os animais que estão entre as atrações do BioParque Rio

 

 

  • 18 de março de 2021