Comitê de Enfrentamento à Covid-19 defende medida que reabriu as áreas públicas ao ar livre

Publicado em 26/01/2021 - 07:07 | Atualizado em 26/01/2021 - 07:13
O Campo de Santana teve seu valor histórico e artístico reconhecido em 1968, quando foi tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac). Desde 1983, é parte da chamada Zona Especial do Corredor Cultural, criada naquele ano, no centro da cidade do Rio. Foto: Marcelo Piu / Prefeitura do RioO Campo de Santana teve seu valor histórico e artístico reconhecido em 1968, quando foi tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Cultural (Inepac). Desde 1983, é parte da chamada Zona Especial do Corredor Cultural, criada naquele ano, no centro da cidade do Rio. Foto: Marcelo Piu / Prefeitura do Rio

O Comitê Especial de Enfrentamento da Covid-19 (CEEC) se reuniu nesta segunda-feira (25/01), no Centro de Operações Rio, para análise e discussão do Plano de Combate à Covid-19 no município e também do protocolo sanitário das unidades de ensino da cidade. Todas as medidas de proteção à vida que vêm sendo adotadas pela Prefeitura do Rio foram analisadas pelos especialistas dentro do contexto do panorama epidemiológico da cidade, a fim de se avaliar eventuais necessidades de ajustes no planejamento do combate à pandemia.

Os especialistas reafirmaram a adequação da abertura das áreas de lazer ao ar livre, com exceção das festas que produzem aglomerações, e a importância das ações que visam conscientizar a população a seguir as medidas de proteção à vida, tais como uso de máscara, de álcool 70% na higienização das mãos e de distanciamento social. Em relação aos bares e restaurantes, foi apontada a necessidade de uma contínua fiscalização para coibir as aglomerações, além de reforço no trabalho de informação e orientação para o setor.

Um dos pontos de destaque das discussões foi o ano letivo nas escolas municipais. Convidada a participar da reunião, a coordenadora da Unicef no Rio, Luciana Phebo, discorreu sobre o impacto da pandemia sobre as crianças e os entendimentos e orientações do órgão internacional. Com a participação do secretário municipal de Educação, Renan Ferreirinha, foi então debatido o plano sanitário para as escolas, espaços de desenvolvimento infantil (EDIs) e creches, com as medidas a serem implementadas para proteção à vida dos estudantes e profissionais de Educação. O planejamento será validado com o prefeito Eduardo Paes nesta semana e divulgado posteriormente.

Sobre o plano de imunização do município, cuja segunda fase da primeira etapa se inicia na quarta-feira passada (27/01), os especialistas ouviram o planejamento do secretário de Saúde, Daniel Soranz. Até o dia 3 de fevereiro, a vacinação será voltada aos profissionais que atendem diretamente aos pacientes com Covid-19 e trabalhadores envolvidos na realização de exames para a detecção da doença; sendo iniciada na Atenção Primária (clínicas da família e centros municipais de saúde) também a imunização para todos os profissionais de saúde a partir de 60 anos e com registro ativo em seus conselhos. A vacinação de outros trabalhadores da saúde (maqueiros, limpeza, etc) acontecerá nas respectivas unidades de lotação. Para atender aos demais grupos prioritários, será necessário aguardar nova remessa de vacinas do Ministério da Saúde.

O CEEC recomendou o encaminhamento ao Programa Nacional de Imunizações de sugestão para que os trabalhadores diretamente relacionados com produção da vacina entrem na prioridade na vacinação imediata; e envio de comunicação ao Cremerj alertando aos médicos sobre a necessidade de rigor na emissão de laudos sobre comorbidades, que deverão ser apresentados no momento da vacinação pelos portadores dessas doenças, nas próximas etapas da vacinação.

Nova reunião do Comitê Especial de Enfrentamento da Covid-19 ficou agendada para o dia 26 de fevereiro.

A formação e atribuições do Comitê Especial de Enfrentamento da Covid-19 podem ser verificadas no Diário Oficial do Município.

 

Prefeitura do Rio reabre o Passeio Público e devolve mais uma área verde aos cariocas

 

Prefeito participa de reabertura do Campo de Santana, no Centro do Rio

  • 26 de janeiro de 2021