Assistência Social lança projeto Círculos de Vigilância e Cuidado em Paciência

Publicado em 18/06/2019 - 17:29 | Atualizado

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SMASDH) iniciou hoje o projeto Círculos de Vigilância e Cuidado, coordenado pela assistente social Leila Marino da Subsecretaria de Proteção Especial. O primeiro evento do projeto foi realizado na unidade Rio Acolhedor, no bairro de Paciência, Zona Oeste do Rio, teve início às 9 horas e vai até as 17 horas.

O projeto tem por finalidade capacitar educadores sociais para identificação e suspenção dos principais agravos de saúde da população em situação de rua, bem como suspeitar em tempo oportuno de possíveis doenças a partir dos principais sintomas identificados durante a conversa com os usuários.

Pela manhã, os educadores sociais que estavam presentes no evento participaram de uma aula sobre como identificar sintomas das doenças mais comuns entre a população de rua, além de orientações de como lidar quando o usuário apresentar sinais de doença.

Segundo Leila, o educador que suspeitar de alguma alteração na saúde do usuário deve o encaminhar imediatamente aos postos de saúde para que ele não fique muito tempo dentro da unidade de acolhimento e transmita os vírus da doença. Durante à tarde o evento terá uma roda de conversa aberta para perguntas sobre o tema da aula. Estavam presentes no evento, o coordenador do Rio Acolhedor, Cezar Nascimento e a coordenadora da 10° CRASDH, Rose Doria.

Os educadores atuam nas unidades de inserção da cidade e na abordagem nas ruas. A primeira etapa do projeto visa capacitar cerca de 200 pessoas, que terão também aulas nos dias 18, 19, 27 e 28 de junho no Rio Acolhedor, em Paciência. A princípio, o projeto tem o foco no cuidado da saúde dos usuários e as próximas edições abordarão temas variados, que ocorrerão em outros bairros da cidade.