Vigilância Sanitária monta posto de atendimento a animais em Realengo após fortes chuvas

Publicado em 04/03/2020 - 11:17 | Atualizado em 04/03/2020 - 11:57
Vigilância montou posto de atendimento em Realengo para orientar sobre casos de leptospirose - Divulgação/Prefeitura do Rio

Devido à chuva que atingiu a cidade, a Subsecretaria de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses, da Prefeitura do Rio, montou nesta quarta-feira (04/03), um polo de atendimento a animais na Rua Biguaçu, 155, em Realengo, na Zona Oeste, um dos bairros mais castigados. As equipes fazem exames para conferir se há casos de leptospirose, além de curativos, primeiros socorros e ações educativas à população sobre a prevenção de zoonoses. O atendimento vai até as 16h.

– Estamos também fazendo agendamento de castração para o nosso Centro de Controle de Zoonoses Paulo Dacorso Filho (CCZ), que fica em Santa Cruz, e doação de água mineral em diversos pontos – destacou Flávio Graça, superintendente de Educação da Vigilância Sanitária.

 

Vigilância Sanitária orienta sobre como se proteger da leptospirose nas enchentes