Hospital tem recursos ampliados e ganhará tomógrafo para tratamento de câncer pelo SUS

Publicado em 04/02/2020 - 13:41 | Atualizado em 05/02/2020 - 08:05
Eliane Chagas recebe beijo carinhoso do marido, Francisco Chagas. "Diagnóstico rápido salva vidas". Foto: Marco Antônio Rezende/ Prefeitura do Rio
O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, anunciou nesta terça-feira (04/02) um aumento de R$ 7 milhões no contrato da Prefeitura com o Hospital Mario Kröeff, especializado em oncologia. A elevação do repasse, que passará de R$ 26 milhões para R$ 33 milhões ao ano,  vai permitir que a unidade  aumente a oferta, aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS),  de quimioterapia e de procedimentos para tratamento do câncer. Durante a visita ao hospital, que fica na Penha,  Zona Norte, Crivella também adiantou que o Governo Municipal vai doar um tomógrafo, que ajudará no diagnóstico precoce da doença. O dia de hoje é lembrado como Mundial de Combate ao Câncer, uma iniciativa da União Internacional para o Controle do Câncer (UICC) com o apoio da Organização Mundial da Saúde (OMS).
– O câncer é uma doença que não está no escopo dos tratamentos da Prefeitura. Nós somos, basicamente, atenção primária e emergências. Porém, não nos limitamos a isso porque queremos estar em parceria com aqueles aos quais podemos ajudar. Queremos ajudar vocês a prestar o melhor serviço e a honrar esse legado extraordinário do doutor Mário Kröeff para a cidade do Rio. Nós vamos mandar para cá um dos novos tomógrafos que estão sendo comprados, para que possa melhorar o tratamento das pessoas – afirmou Crivella.
O Hospital Mário Kröeff atende 99% dos pacientes pelo SUS; Foto: Marco Antônio Rezende/ Prefeitura do Rio

 

O Mário Kröeff é um hospital filantrópico e cabe à Secretaria Municipal de Saúde o pagamento pelos serviços prestados pela unidade aos pacientes do SUS. Atualmente, a unidade faz 2.485 procedimentos de quimioterapia e, com o aditivo do contrato, serão 3.722 ao mês, um aumento de 1.237. O objetivo é antecipar o início dos cuidados para pacientes com essa indicação.
Já os diagnósticos incluindo ultrassonografia, endoscopia, colonoscopia e retossigmoidoscopia (exame da porção final do intestino grosso) terão uma ampliação mensal de 2.033 procedimentos, passando das atuais 8.574 para 10.607.

Hospital tem 99% dos pacientes atendidos pelo SUS

Por se tratar de oferta de serviço especializado de alta complexidade, as vagas ficam disponíveis pelo Sistema Estadual de Regulação (SER). Os pacientes são inseridos nesse sistema pelas unidades de Atenção Primária da rede municipal de saúde e encaminhados  para consultas e procedimentos em oncologia.
Sílvio Fernandes, diretor clínico da unidade, ressaltou que 99% dos pacientes atendidos no Mário Kröeff vêm do SUS, dos quais 80% chegam para tratamento já em estado avançado da doença.
– Por isso esse tipo de ajuda governamental é fundamental. O tomógrafo vai nos ajudar na obtenção de diagnósticos mais precisos e rápidos. Ou seja, teremos chances ampliadas de salvar vidas – comentou.
Mário Kröeff Filho, diretor do Conselho Deliberativo do hospital, se emocionou ao falar da luta do pai dele pela instituição.
– A indignação de papai por um tratamento mais adequado do câncer, sobretudo para os mais pobres, fez surgir esse hospital. É essa mesma indignação que nos move hoje. Estamos felizes pelas novas conquistas – destacou.

Pacientes elogiam iniciativa da Prefeitura

Eliane Maria Oliveira Rodrigues Chagas, de 67 anos, que foi hoje ao hospital, onde dá continuidade ao tratamento de combate ao câncer de mama, se disse feliz ao saber dos novos investimentos.
– Descobri o câncer na mama esquerda em novembro. Graças a um diagnóstico rápido. Depois, vim me tratar aqui (no Mário Kröeff) e deu super certo, graças a Deus. Equipamentos que ajudem a descobrir a doença de forma mais rápida são muito importantes – elogiou, ao lado do marido, Francisco Chagas, 65.
O aposentado Cosmo Nunes Cordeiro, de 72 anos, também fez questão de cumprimentar o prefeito. Ele faz acompanhamento pela recuperação de um câncer na próstata desde os 60 anos.
– Fiz um agradecimento em nome de todos que já alcançaram e estão em busca de tratamento eficaz. Investimentos nesse setor significam mais vidas poupadas – disse Cosmo, emocionado.