Trezentos alunos de curso que prepara para mercado de trabalho recebem certificado de conclusão

Publicado em 13/12/2019 - 18:05 | Atualizado em 13/12/2019 - 18:10
Cátia Silva Paulo (à esquerda) levou a família para cerimônia de entrega do certificado de conclusão do curso. Foto: Rhavinne Vaz / Prefeitura do RioCátia Silva Paulo (à esquerda) levou a família para cerimônia de entrega do certificado de conclusão do curso. Foto: Rhavinne Vaz / Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, entregou nesta sexta-feira, 13 de dezembro, certificados de conclusão de curso a 300 jovens e adultos beneficiados pela política de assistência social do município que tiveram aulas do programa Acessuas Trabalho, do governo federal. A iniciativa é uma forma de ampliar o acesso dessas pessoas ao mercado de trabalho. Entre as oficinas oferecidas, os alunos aprenderam sobre relacionamento interpessoal, preparação de currículo profissional e técnicas para participar de processos seletivos.

– Esta é uma cerimônia de esperança. Quantas vezes essas pessoas se sentiram tristes e desalentadas pelas dificuldades da vida? Hoje, estão tendo uma vitória, aplaudidos por seus professores – disse Crivella, que entregou pessoalmente os certificados a cada um dos formandos, em cerimônia no Palácio da Cidade, em Botafogo.

O secretário municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, João Mendes de Jesus, ressaltou a importância de investir no preparo para se apresentar ao mundo do trabalho.

– Vocês são capazes de ser o que vocês quiserem – encorajou.

Gustavo de Paula está motivado para retornar ao mercado de trabalho. Foto: Rhavinne Vaz / Prefeitura do Rio
Gustavo de Paula está motivado para retornar ao mercado de trabalho. Foto: Rhavinne Vaz / Prefeitura do Rio

Para Cátia Silva Paulo, de 40 anos, o curso foi uma oportunidade de voltar a sonhar.

– Eu me sentia desanimada, sem perspectiva. Agora, estou me preparando para terminar os estudos e ingressar no curso de pedagogia – afirmou a moradora de Cascadura, na Zona Norte, cuja turma, Novos Horizontes, é uma das 132 formadas pelo programa.

Usuário da Unidade de Reinserção Social Rio Acolhedor, Gustavo de Paula, de 39 anos, encontrou motivação durante as oficinas.

– Fiquei com vontade de voltar logo ao mercado de trabalho e me reerguer – concluiu.

Desde dezembro de 2018, foram certificados 2.689 participantes.

– Também ensinamos ética, empatia e outros temas de política pública. Trabalhamos para que eles sejam reinseridos de volta à sociedade e quebrem com o ciclo do desemprego – explicou a professora Mariana Queiroz.

As aulas são ministradas por pedagogos, psicólogos e administradores de empresa. Durante o curso, com duração de 15 dias, os alunos recebem auxílio transporte, lanche e material didático gratuito. As aulas acontecem nos equipamentos da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos.